Goiânia recebe aplicativo para transporte público com tarifa flexível por distância percorrida

Publicado em: 30 de janeiro de 2019

Aplicativo de celular tem valor mínimo de R$ 2,50 por “corrida” feita com os veículos do transporte coletivo. Foto: Divulgação.

CityBus 2.0 foi lançado nesta quarta-feira, durante seminário sobre mobilidade urbana

JESSICA MARQUES

Os passageiros de Goiânia receberam nesta quarta-feira, 30 de janeiro de 2019, um aplicativo para transporte público que possui tarifa flexível, de acordo com a distância percorrida.

A ferramenta, de nome CityBus 2.0, foi lançada nesta quarta durante um seminário sobre mobilidade urbana. O aplicativo de celular tem valor mínimo de R$ 2,50 por “corrida” feita com os veículos do transporte coletivo.

De acordo com a HP Transportes, serão 14 micro-ônibus disponíveis para as viagens feitas por meio do aplicativo. Todos terão ar-condicionado e capacidade para 14 passageiros.

Ainda segundo a empresa, inicialmente 30 motoristas trabalharão para as corridas do aplicativo, que serão realizadas em horários e linhas flexíveis. A expectativa é de que sejam realizadas até 3,5 mil viagens, das 6h às 23h.

A ferramenta atenderá, na primeira fase, uma área geográfica chamada “centro expandido”. Nove bairros serão atendidos: Central; Sul; Jardim Goiás; Universitário; Leste Vila Nova; Bueno; Oeste; Nova Suíça; e Bela Vista.

Confira no mapa:

868c9ee8-f277-400b-97ec-30a11df0e8f7.jpg

IMPLANTAÇÃO E FUNCIONAMENTO

O download do aplicativo poderá ser feito gratuitamente a partir de 10 de fevereiro. A ferramenta será para celulares com os sistemas Android e iOS. O serviço estará disponível no dia seguinte, 11 de fevereiro, para os usuários.

O CityBus 2.0 foi desenvolvido pela HP Transportes e será implantado em parceria com a Via. O objetivo é apresentar uma alternativa para as viagens coletivas.

“É um serviço de transporte público complementar porque está destinado a curtas distâncias, acionado por aplicativo de celular”, disse a diretora Executiva da HP Transportes, Indiara Ferreira, em nota.

Por meio do CityBus 2.0, o passageiro pode visualizar a localização do veículo, acessar a identificação do motorista, a placa do ônibus, além de avaliar como foi a viagem.

Confira o passo a passo para solicitar a corrida:

  • download do app;
  • passageiro se cadastra no aplicativo;
  • solicitação de viagem, com informações do destino e do número de passageiros;
  • usuário precisa se deslocar até o ponto indicado pelo aplicativo;
  • embarque no ônibus;
  • pagamento poderá ser feito por meio de cartão de crédito ou dinheiro.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

Deixe uma resposta