Mercedes-Benz vende 500 ônibus para o BRT Transantiago

São 400 unidades do modelo O 500 U e 100 do O 500 UA articulado, todos na versão Low Entry

JESSICA MARQUES

A Mercedes-Benz informou que vendeu 500 ônibus para o Transantiago, sistema de BRT (Bus Rapid Transit) da capital do Chile. São 400 unidades do modelo O 500 U e 100 do O 500 UA articulado, todos na versão Low Entry (piso baixo).

Segundo a fabricante, a Buses Vule adquiriu cerca de 150 ônibus, com carroçaria Caio. As demais unidades, encarroçadas pela Marcopolo, foram compradas pela Metbus, STP Santiago e Redbus Urbano.

Relembre: Marcopolo fornece 342 ônibus para Transantiago

Os novos ônibus vão operar em um dos maiores sistemas BRT da América Latina, que atende diariamente cerca de 1,5 milhão de usuários do transporte coletivo da Região Metropolitana de Santiago do Chile.

“É uma satisfação imensa ver os ônibus brasileiros produzidos em nossa fábrica de São Bernardo do Campo serem novamente escolhidos para renovação de frota da Transantiago, que chegou ao seu décimo segundo ano e inicia um novo ciclo de operação buscando mudar de patamar e melhorar a qualidade do serviço que presta à população local”, disse Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina, em nota.

De acordo com a Mercedes-Benz, a linha de chassis urbanos O 500 é reconhecida pelos operadores no BRT Transantiago pelo desempenho, baixo custo operacional e compatibilidade ambiental.

“A fim de atender a essa nova demanda dos operadores chilenos, a equipe do nosso Centro de Desenvolvimento Tecnológico, na fábrica de São Bernardo do Campo, desenvolveu chassis de ônibus urbanos O 500 customizados para o BRT Transantiago, com motor Euro 6, câmbio automático e preparação para ar condicionado, entre outras exigências dos clientes”, afirmou Cláudio Siedmann, diretor de Vendas e Serviços Ônibus América Latina.

Desde 2007, ano de inauguração do Transantiago, a Mercedes-Benz comercializou cerca de 3.500 ônibus urbanos, principalmente dos modelos O 500 U e O 500 UA articulado. Atualmente, segundo a fabricante, a marca tem mais de 50% de participação nesse sistema de transporte público.

Em 2018, foram exportadas 1.908 unidades para o Chile, o que significa 27,2% de crescimento sobre as 1.500 unidades do ano anterior.

Veja o vídeo:

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

3 comentários em Mercedes-Benz vende 500 ônibus para o BRT Transantiago

  1. “Os 500 customizados para o BRT Transantiago, com motor Euro 6, câmbio automático e preparação para ar condicionado, entre outras exigências dos clientes”, afirmou Cláudio Siedmann, diretor de Vendas e Serviços Ônibus América Latina.”

    Enquanto a Mercedes entrega 500 ônibus com tecnologia Euro 6 com filtro de partículas cancerígenas com eficiência de mais de 95% – e com o defeito de funcionamento do velho e obsoleto Euro 5 vendido no Brasil, corrigido pela tecnologia Euro 6, para garantir a devida redução do tóxico NOx, também precursor da formação do terríel Ozônio troposférico – as autoridades ambientais e do transporte público brasileiras comandam sem nenhum constrangimento o despejo dos defectivos ônibus Euro 5, sem filtro, e sem controle eficiente de NOx em áreas urbanas, até o ano de 2023 (prazo excessivo regulado pelo Conama ao final de 2018).

    A pergunta que fica é a seguinte: por que as autoridades brasileiras não encomendam ônibus Euro 6 para proteção da saúde pública nas cidades brasileiras desde já? O que os impede? Resposta: nada objetivo, somente pressões de quem quer vender tecnologia obsoleta e poluente a perder de vista no Brasil.

    Vejo ao fundo uma profunda semelhança com o desastre de Brumadinho.

    Inveja cruel dos Chilenos, Mexicanos, Indianos etc.

    • Olimpio de Melo Alvares Junior, boa noite.

      De pleno acordo; porém a técnica não manda no país.

      Abçs,

      Paulo Gil

    • Pelo que andei apurando, no Chile ainda é Euro 5 implantado a partir de 2013. Somente para o projeto Transantiago é que os governantes exigiram que os ônibuis atendessem as normas Euro 6.

      Normas Nacionales Euro VI / EPA 2010:
      US,Canadá,Japón: en 2010, EPA 2010
      Europa : en 2014, EURO VI
      Korea del Sur : en 2015, EURO VI
      Turkey : en 2015, EURO VI
      India : en 2020, EURO VI
      México : en 2018, EURO VI (propuesta)
      Beijing : en 2017, EURO VI (propuesta)
      China : Under development, Euro VI in 2018-2020 (propuesta)
      Brazil : Se abrió el grupo de trabajo en Euro VI en 2016
      Jakarta, Indonesia: 100 buses de Euro VI comprado
      Johannesburg, South Africa: 200 buses de Euro VI para comprar
      Santiago, Chile :Implementación en 2017 de Euro VI para buses
      Mexico City :Compromiso para ir a Euro VI
      Bogota :Contemplando Euro VI (90%) o mejor (10%)

      Havendo outras informações, favor acrescentar para enriquecimento do debate.

1 Trackback / Pingback

  1. Voith equipará novos ônibus da Mercedes-Benz vendidos para a Transantiago, no Chile, com transmissões DIWA.6 – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: