Cotia aumenta tarifa para R$ 4,50 nesta quarta-feira, 16

Publicado em: 15 de janeiro de 2019

Andar de ônibus vai ficar mais caro em Cotia. Foto: David Macedo Rocha (Clique para Ampliar)

Valor atual é de R$ 4,35

ADAMO BAZANI

A tarifa de ônibus em Cotia, na Grande São Paulo, vai ficar mais alta a partir desta quarta-feira, 16 de janeiro de 2019.

O valor passa dos atuais R$ 4,35 para R$ 4,50.

O decreto foi publicado pelo prefeito Rogério Franco e vale tanto para o serviço por empresa de ônibus como para o sistema alternativo.

No ano passado, a tarifa de Cotia foi alvo de uma disputa judicial.

O valor foi reajustado em março de 2018, mas uma liminar de junho suspendeu o reajuste. A prefeitura conseguiu rever a decisão no mês seguinte.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2018/07/20/tarifa-de-onibus-em-cotia-volta-a-custar-r-435/

Na Grande São Paulo, diversas outras cidades já reajustaram as tarifas de ônibus..

As tarifas do Metrô e da CPTM aumentaram neste domingo, 13 de janeiro de 2019, juntamente com as integrações com os ônibus municipais da capital paulista, de gestão da SPTrans – São Paulo Transporte.

As tarifas dos ônibus gerenciados metropolitanos pela EMTU e as passagens dos ônibus rodoviários intermunicipais e dos suburbanos do sistema da Artesp sobem no dia 20 de janeiro de 2019.

GRANDE SÃO PAULO:

Cotia: De R$ 4,35 para R$ 4,50 – 16 de janeiro de 2019 

Itapecerica da Serra: De R$ 3,50 para R$ 3,75 – 13 de janeiro de 2019

São Caetano do Sul: De R$ 4,20 para R$ 4,50 –  13 de janeiro de 2019

Mogi das Cruzes: De R$ 4,10 para R$ 4,50 – 13 de janeiro de 2019

Cajamar: De R$ 4,35 para R$ 4,60 – 13 de janeiro de 2019

Ribeirão Pires: De R$ 4,00 para R$ 4,40 – Vale-Transporte: R$ 4,60 – 13 de janeiro de 2019

Rio Grande da Serra: De R$ 3,80 para R$ 4,20 – 12 de janeiro de 2019

Francisco Morato: De R$ 4,20 para R$ 4,45 – 07 de janeiro de 2019

Franco da Rocha: De R$ 4,35 para R$ 4,60 – 07 de janeiro de 2019

Santo André: De R$ 4,40 para R$ 4,75 e Vale-Transporte de R$ 5,50 para R$ 5,95 – 06 de janeiro de 2019

Caieiras: De R$ 4,35 para R$ 4,60 – 06 de janeiro de 2019

Diadema: De R$ 4,40 para R$ 4,65 – 06 de janeiro de 2019
(Cartão SOU Comum – R$ 4,25 / Dinheiro –  R$ 4,65 / Vale Transporte – R$ 4,88)

Barueri: De R$ 4,35 para R$ 4,50 – 06 de janeiro de 2019

Carapicuíba: De R$ 4,35 para R$ 4,50 – 05 de janeiro de 2019

Osasco: De R$ 4,35 para R$ 4,50 – 01º de janeiro de 2019

São Bernardo do Campo: De R$ 4,40 para R$ 4,75 – 01º de janeiro de 2019

Itapevi:  De R$ 4,35 para R$ 4,50. – 01º de janeiro de 2019

EMTU:

As tarifas de ônibus metropolitanos intermunicipais gerenciados pela EMTU ficam mais caras a partir de domingo, 20 de janeiro de 2019. Também haverá reajuste da tarifa do VLT – Veículo Leve sobre Trilhos que liga Santos e São Vicente, no litoral paulista.

Os preços variam de acordo com a extensão e os tipos das linhas e ainda serão divulgados ao longo da semana pela gerenciadora, assim como os percentuais de reajuste.

https://diariodotransporte.com.br/2019/01/12/em-primeira-mao-tarifas-de-onibus-da-emtu-e-do-vlt-sobem-no-dia-20-de-janeiro/

A integração entre os ônibus metropolitanos gerenciados pela EMTU (incluindo o Corredor ABD de ônibus e trólebus) tem desconto de R$ 1,50.

ARTESP:

As tarifas dos ônibus rodoviários e suburbanos que ligam diferentes cidades dentro do Estado de São Paulo sobem no domingo 20 de janeiro de 2019.

O reajuste sobre as bases tarifárias será de 5,53% para os serviços de característica rodoviária e de 6,10% para os serviços de característica suburbana.

Serviço de característica rodoviário é feito por ônibus com bagageiro, poltronas reclináveis e uma porta apenas.

Já os suburbanos são os ônibus urbanos comuns, mas que ligam diferentes cidades que não integram uma região metropolitana.

https://diariodotransporte.com.br/2019/01/12/passagens-de-onibus-rodoviarios-intermunicipais-e-suburbanos-de-sao-paulo-tem-reajuste-no-dia-20-de-janeiro

SPTRANS, METRÔ E CPTM:

A partir deste domingo, 13 de janeiro de 2019, as tarifas dos trens da CPTM e do Metrô sobem de R$ 4,00 para R$ 4,30. A integração com os ônibus gerenciados pela SPTrans – São Paulo Transporte na capital paulista, que subiu no domingo passado por causa do reajuste do sistema municipal, tem outro aumento, de R$ 7,21 para R$ 7,48.

A dica para sentir um pouco mais tarde este reajuste no bolso é carregar o Bilhete Único até às 23h59 deste sábado.

Isso porque, os créditos comprados até hoje vão ser debitados pelo valor anterior ao aumento até acabarem.

Pelo site da SPTrans, é possível saber os endereços dos postos de recarga do Bilhete Único e também comprar pela internet, com pagamento por boleto bancário. Os créditos comprados até a data do aumento ainda serão descontados nas catracas pelo valor de R$ 4,00.

http://bilheteunico.sptrans.com.br/

Há também a possibilidade de compra de créditos por aplicativos de celulares, mas o usuário deve estar atendo às taxas de serviço e carregamento.

A SPTrans disponibiliza a relação de algumas opções:

http://www.sptrans.com.br/app/

O passageiro deve também calcular se vale mais a pena o Bilhete Único Comum, o 24 Horas ou o Mensal.

Para isso deve dividir o valor do Bilhete por R$ 4,30 se for na modalidade única ou por R$ 7,48 se for a integração entre ônibus e sistema de trilhos.

Confira abaixo como ficam as novas tarifas de transporte a partir de 13 de janeiro, segundo nota da Secretaria de Transportes Metropolitanos.

Bilhetes Valores até 12 de janeiro de 2019 Valores a partir de 13 de janeiro de 2019
Tarifa básica  R$ 4,00  R$ 4,30
Bilhete Único  R$ 4,00  R$ 4,30
BOM  R$ 4,00  R$ 4,30
Escolar  R$ 2,00  R$ 2,15
Bilhete Único Integrado  R$ 6,96  R$ 7,48
Fidelidade 8  R$ 29,50  R$ 31,71
Fidelidade 20  R$ 71,50  R$ 76,86
Fidelidade 50  R$ 174,00  R$ 187,05
Lazer 10 R$ 34,80 R$ 37,41
Tarifa do Madrugador e “Da Hora” exclusiva comum e vale-transporte R$ 3,50 R$ 3,76
Tarifa do Madrugador e “Da Hora” integrada comum e vale-transporte R$ 6,24 R$ 6,71
CPTM Airport Express R$ 8,00 R$ 8,60
Temporais (Tarifa média por passageiro)    
Exclusivos    
Mensal Comum  R$ 194,30  R$ 208,90
24 Horas Comum  R$ 15,30  R$ 16,40
Integrados    
Mensal Comum  R$ 307,00  R$ 330,00
24 Horas Comum  R$ 20,50  R$ 22,00

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. Maria Helena dos Santos. disse:

    E um absurdo este.preço…..Ônibus imundos peneus lisos;falta de manutenção; um forno .Ônibus velhos e ainda o povo que paga o pato.Porque.vocês não tiram de seus bolsos,ao invés de tirar do povo.

Deixe uma resposta