Scania tem alta de 50,9% na produção de ônibus rodoviários e 46% em urbanos

Ônibus com carroceria padrão LD sobre chassi Scania - Foto: Adamo Bazani - Diário do Transporte - Imagem Meramente Ilustrativa - Clique para Ampliar

Modelos mais vendidos são K360 4×2 e os modelos de outros chassis para configuração 8×2

JESSICA MARQUES

No acumulado do ano de 2018, a Scania apresentou uma alta de 50,9% na produção de ônibus rodoviários e 46% em urbanos. Em ambas as categorias, foram comercializadas 667 unidades, representando uma alta de 46% com relação a janeiro a novembro de 2017.

De janeiro a novembro de 2017, foram produzidas 457 unidades, enquanto no mesmo período de 2018 foram 667 chassis. Ao todo, foram 620 rodoviários produzidos neste ano e 411 em 2017. O número de ônibus urbanos fabricados é de 47 e 46, respectivamente.

De acordo com o gerente de vendas de ônibus da Scania no Brasil, Alan Bartels Frizeiro, os modelos mais vendidos são o K360 4×2 e os chassis para configuração 8×2. Para o turismo, o campeão de vendas é o K400 6×2.

“O K360 4×2 é um sucesso absoluto de vendas. O operador que até então só poderia ter uma carroceria de 14 metros com chassi trucado, 6×2, agora pode fazer isso em um 4×2 com custo operacional mais baixo e um nível de conforto tão bom quanto o 6×2”, disse Frizeiro.

Somente até julho, foram vendidos em torno de 300 chassis K 440 8×2. A venda foi divulgada durante a Lat.Bus & Transpúblico 2018.

Relembre: TRANSPÚBLICO 2018: Scania fala sobre soluções de mobilidade e destaca 15 metros urbanos e rodoviários

Recentemente, a Scania também anunciou a venda de 20 chassis para a Viação Santa Cruz e 25 para o Grupo VIDA – Viação Danúbio Azul.

Relembre: Scania vende 20 chassis para a Viação Santa Cruz e 25 para o Grupo Vida

Segundo Frizeiro, o resultado apresentado foi dentro do planejado. Para 2019, as expectativas da Scania são positivas com relação ao mercado.

“Para 2019, são boas as perspectivas, porque a movimentação terá uma base mais sólida. O crescimento previsto para o mercado de rodoviários é de 10%, mas em uma base maior, portanto os números serão mais expressivos”, afirmou o gerente de vendas de ônibus da Scania no Brasil.

Expectativas da Scania são positivas para 2019. Foto: Divulgação.

Apesar de o mercado para urbanos e rodoviários terem apresentado bons números neste ano, o fretamento não foi representativo.

“Nos últimos três anos, o fretamento contínuo teve uma participação muito pequena, mas já estamos fazendo boas negociações que vão trazer resultados para o primeiro trimestre do ano que vem em vendas”, antecipou Frizeiro.

MERCADO NACIONAL DE ÔNIBUS

A produção de ônibus aumentou 42% no acumulado deste ano de 2018. De janeiro a novembro, foram produzidas 27.440 unidades, de acordo com o levantamento da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), divulgado nesta quinta-feira, 6 de dezembro.

Leia mais em Produção de ônibus aumenta 42% no acumulado do ano, segundo a Anfavea

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Zé Tros disse:

    Obrigado pela correção do texto Adamo, o anterior dava a entender que havia K-360 na configuração 8X2 tbm. Aproveito a oportunidade pra perguntar se vc tem informações a respeito dos testes da SPAL Modine com os eletroventiladores instalados no O-500 R da Breda e a previsão de testes nos articulados e superarticulados em São Paulo. Abraço.

Deixe uma resposta