Metra deve colocar ônibus articulados zero quilômetro Volvo para linha Diadema-Brooklin

Publicado em: 12 de novembro de 2018

Ônibus possuem itens de conforto e segurança, como freios, suspensão pneumática e tração com controle eletrônico, ar-condicionado e internet para os passageiros. Foto: Redes Sociais – Texto: Adamo Bazani/Clique para Ampliar

Cada veículo tem capacidade para 110 passageiros, com 20,55 metros. Renovação deve aumentar a oferta de lugares na linha 376

ADAMO BAZANI

Os passageiros da linha 376 Diadema-Brooklin devem contar com ônibus articulados zero-quilômetro.

Cada veículo tem 20,55 metros de comprimento e capacidade para 110 passageiros.

Ao todo, a empresa comprou 25 unidades.

Ônibus devem criar também uma nova identidade na linha 376-Diadema/Brooklin. Foto: Redes Sociais – Texto: Adamo Bazani

Os ônibus devem substituir até a segunda quinzena de fevereiro os modelos de tamanho convencional e menor capacidade que estão hoje em circulação e se aproximam da idade permitida.

Inicialmente, os veículos farão testes de operação.

As primeiras imagens de um dos veículos na encarroçadora Caio, de Botucatu, no interior de São Paulo, foram veiculadas em redes sociais nesta segunda-feira, 12 de novembro de 2018.

Com a renovação, a estimativa, é melhorar o atendimento e ampliar a capacidade de ligação.

Os veículos são de chassi Volvo B340M 6X2, com motor eletrônico Volvo DH12E de 340 cv de potência. A carroceria é modelo Caio Millennium BRT.

Tanto carrocerias quanto chassis trazem elementos tecnológicos de conforto e segurança, como:

– transmissão automática;

– sistema de freios com EBS (Electronic Braking System) e ABS;

– computador de bordo com diagnóstico de falhas, para correções rápidas;

– controle de tração;

– suspensão totalmente pneumática com controle eletrônico, com duas câmaras de ar tipo fole (sistema eletrônico ECS) no eixo dianteiro e quatro nos demais eixos;

– porta dos dois lados com sistema Door Brake (freio de portas) – anti-esmagamento;

– equipamento que impede a circulação com portas abertas;

– ar-condicionado central e saídas individuais;

– sistema para internet grátis por wi-fi;

– tomadas com entrada USB 12 Volts para recarga de celulares, notebooks, tablets e outros dispositivos móveis;

– vidros colados

Com 20,55 m, ônibus são maiores e vão ampliar a capacidade da ligação. Cada veículo tem capacidade para 110 passageiros. Foto: Redes Sociais – Texto: Adamo Bazani

Pelo fato de os ônibus substituírem os modelos mais antigos, haverá também uma redução nas emissões de poluentes. Isso porque, os novos veículos seguem os parâmetros atuais Euro V para reduzir a poluição, mais exigentes que o padrão anterior, Euro III, dos modelos que serão substituídos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. André disse:

    Piso normal = retrocesso, Metra decepcionando.

    1. William de Jesus disse:

      Como a EMTU não faz exigências sobre o tipo de piso, não acho que a Metra tenha tanta culpa assim. Eles são mais do que bem-vindos!!

  2. JOAO LUIS GARCIA disse:

    Parabéns a METRA, bela aquisição

  3. MARCOS NASCIMENTO disse:

    Uma coisa que não entendo, é o seguinte: com milhares de roubos e furtos ocorrendo dentro dos onibus vai ficar mais fácil ainda para a indústria Crime S/A arrancar os tablets, notebooks e celulares quando estiverem na tomada. Vi isso de perto ocorrer na cidade mauravilhosa e enquanto dezenas de pessoas ficaram distraídas e sem ação alguma, eu coloquei o meu celular embaixo do banco. Naquela triste viagem todo mundo ficou sem celular menos eu que estava muito atento.

  4. Renato Vieira dos Santos disse:

    Não é piso baixo, mas mil vezes melhor que os tocos da Busscar.

  5. Adeilton Araujo de Souza disse:

    Grupo ABC sempre visando melhorias tanto para os clientes, como para nós colaboradores 👏👏👏

  6. Rodrigo Zika! disse:

    Quando quer vai e compra, não e igual SP que aceita descaradamente o monopólio, e reprovou esse mesmo modelo, só que piso baixo, piada.

  7. Luis Nunez disse:

    Claro que é um avanço e tanto para a 376. Alias linha esta que parece ser o patinho feio da Metra, pois é clara a diferença no modus operandi dela para as demais linhas da empresa.
    Mas super-articulados de 23mts seriam mais que bem vindos, para atender a demanda reprimida desta linha.

  8. Renato Vieira dos Santos disse:

    Agora só falta a Titia tirar o escorpião do bolso e investir em novos onibus nas linhas da Emtu.

Deixe uma resposta