Helder Barbalho x Márcio Miranda: o que dizem os programas de governo sobre a mobilidade no Pará

Disputa será entre os partidos MDB e DEM, respectivamente

JESSICA MARQUES

O próximo governador do Pará será definido no segundo turno das eleições, que ocorrem em 28 de outubro de 2018, que já é o próximo domingo.

No pleito, estão os candidatos Helder Barbalho (MDB — Movimento Democrático Brasileiro) e Márcio Miranda (DEM — Democratas). No primeiro turno, os votos foram respectivamente 47,69% para o primeiro candidato e 30,21% para o segundo.

Helder Barbalho é filho do senador Jader Barbalho e tem 39 anos. O candidato nasceu em Belém. Formado em administração pela Universidade da Amazônia, foi prefeito por dois mandatos de Ananindeua (PA) e deputado estadual. Em 2014, assumiu o Ministério da Pesca e Agricultura. Em 2016, foi nomeado Ministro da Integração Nacional.

Márcio Miranda tem 61 anos e é formado em medicina pela Universidade Federal do Pará. Nasceu em Minas Gerais, na cidade de Pavão. Foi eleito deputado estadual duas vezes, sendo a primeira em 2010 e a segunda em 2014. Além disso,  o candidato também presidiu a Assembleia Legislativa do Pará.

Diário do Transporte comparou os planos de governo dos candidatos, publicados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), e ressaltou todas as propostas nas áreas de mobilidade e transportes.

O candidato Helder Barbalho cita como propostas investir em infraestrutura viária urbana das diferentes regiões do estado e apoiar os municípios na solução de mobilidade urbana. Outra medida citada é a operacionalização da integração do sistema BRT, em Belém e na Região Metropolitana.

Por sua vez, Márcio Miranda propõe executar as obras e implantar o Sistema Integrado de Transporte da Região Metropolitana de Belém, incentivar a mobilidade urbana não-motorizada, em especial integrando ônibus, bicicleta e barco. Investimentos em manutenção, sinalização e recuperação da malha rodoviária do estado também estão no programa de governo do candidato.

ACOMPANHE ABAIXO A ÍNTEGRA SOBRE MOBILIDADE DOS PROGRAMAS QUE ESTÃO REGISTRADOS NO TSE:

HELDER BARBALHO

pará

MÁRCIO MIRANDA

pará2.jpg

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: