Linha 7-Rubi volta a circular com problemas nesta sexta-feira

Estação Francisco Morato (Reprodução TV Globo)

Após uma quinta-feira conturbada, trens começam o dia com velocidade reduzida no trecho Francisco Morato-Jundiaí

ALEXANDRE PELEGI

Após uma quinta-feira conturbada no trecho entre as Estações Francisco Morato e Jundiaí, a linha 7-Rubi retomou as operações nesta sexta-feira, dia 19 de outubro de 2018, com problemas técnicos nos equipamentos de via.

Desde as 04h:17 os trens circulam com intervalos maiores entre as duas estações, situação que persistia até as 06h:40.

As fortes chuvas que caíram sobre a capital no final da quarta-feira e madrugada de quinta, dia 18 de outubro, causaram problemas para a linha 7-Rubi CPTM logo cedo ontem. As composições operaram com velocidade reduzida após uma descarga elétrica ter atingido as proximidades da Estação Francisco Morato. O raio provocou uma falha no sistema de sinalização por volta das 4h50 desta quinta. Até 6h50, os trens de toda a Linha 7- Rubi (Luz –Jundiaí) circularam com maior intervalo devido ao raio.

A CPTM informou ontem que as equipes de manutenção atuavam no local, com previsão de normalizar a circulação na extensão da linha antes do horário de pico da tarde (por volta das 16h). O sistema Paese chegou a ser ativado. À noite circulação em todas as linhas do Metrô e da CPTM voltou à normalidade.

A Linha 11-Coral da CPTM e a linha 3-Vermelha do Metrô também passaram por problemas na manhã desta quinta-feira, dia 18.

Os trens da Linha 3, a mais cheia do sistema, circularam parte da manhã de ontem com velocidade reduzida por uma única pista, entre as Estações Tatuapé e Bresser. O motivo foi a presença de usuário na via.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta