Empresa de turismo de Vancouver, Canadá, decide eletrificar sua frota de 90 ônibus até 2023

Dois modelos fornecidos pela BYD

Westcoast Sightseeing Company, que possui a maior frota de ônibus privados de Vancouver, escolheu a BYD como fornecedora preferencial para a transição para a eletromobilidade

ALEXANDRE PELEGI

A Westcoast Sightseeing, melhor e mais experiente empresa de turismo de Vancouver, cidade portuária costeira no oeste do Canadá, possui uma frota diversificada de 90 ônibus de teto aberto, deck duplos e singles, entre outros modelos.

Agora a empresa decidiu, por meio de uma encomenda à BYD, converter toda a sua frota em veículos 100% elétricos até 2023. O compromisso inclui a conversão de todos os 90 ônibus da empresa.

Como parte da decisão de se tornar uma empresa que aderiu à energia limpa, o esforço da Westcoast Sightseeing inclui ainda a implementação de uma infraestrutura de carregamento na cidade, que não apenas a beneficiará, como também a muitas outras empresas que optem por reduzir suas emissões de gases de efeito estufa e o impacto no clima.

Para Rob Safrata, diretor executivo da Weastcoast Sightseeing, o negócio da empresa “é construído em torno da beleza natural de nossa casa, o planeta Terra, e isso nos leva a estar especialmente conscientes do impacto que nossas operações diárias têm sobre o meio ambiente“.

A companhia canadense recentemente adicionou barcos 100% elétricos à sua linha de produtos turísticos, proporcionando o primeiro passeio de um veículo desse tipo em Vancouver.

O executivo da Westcoast afirma que adicionar ônibus e barcos elétricos à frota da empresa “é o primeiro passo para alcançarmos nossa meta em 2023 de nos tornarmos a primeira empresa de turismo no Canadá com veículos 100% elétricos”.

Os ônibus 100% elétricos que serão fornecidos pela BYD proporcionarão uma melhoria imediata na qualidade do ar e nos níveis de ruído da região, reduzindo as emissões de carbono em cerca de 4.500 toneladas por ano, com base nos padrões da EPA (Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos).

Ted Dowling, Vice-Presidente da BYD Canadá, afirma que o CEO da Weastcoast Sightseeing, Rob Safrata, há muito tempo mantém uma visão voltada à energia limpa. “Isso está perfeitamente alinhado com o recente anúncio do Premier da British Columbia, John Horgan, sobre a necessidade de se encontrar novas formas de reduzir as emissões“, disse o executivo da gigante global especializada em energia limpa.

Pioneira no país, a BYD Canadá alcançou agora a liderança do mercado nacional de elétricos. Além deste pedido da Weastcoast Sightseeing, a fabricante chinesa tem contratos de fornecimento de 10 ônibus elétricos para a Toronto Transit Commission (TTC), maior operadora de transporte e trânsito do Canadá e a terceira maior da América do Norte; 6 ônibus 100% elétricos para as operadoras de transporte público de St. Albert (quatro veículos) e Grande Prairie (dois veículos), cidades canadenses do estado de Alberta.

A BYD recebeu também um pedido de compra do Canadá para nove ônibus elétricos de 9 metros, veículos que serão utilizados nas cidades de Montreal, a segunda maior do país, e sua vizinha Longueuil. A encomenda foi feita pela Société de transporte de Montréal (STM) – que ficará com 4 veículos – e pela Réseau de Transport de Longueuil (RTL), que ficará com cinco.

Relembre: BYD vence licitação na Georgia (EUA) e fecha novo pedido de ônibus elétricos para o Canadá

Toronto, no Canadá, encomenda 10 ônibus 100% elétricos da BYD

Resumo da ópera: hoje a BYD tem mais ônibus elétricos rodando nas ruas canadenses do que qualquer outra empresa do segmento, afirma comunicado da empresa.

Com investimentos na casa dos US$ 250 milhões na América do Norte até hoje, a BYD já entregou mais de 270 ônibus no continente; e vendeu ou alugou um adicional de 600 ônibus no total para mais de 50 municípios, agências de trânsito, universidades, aeroportos e outros clientes em 14 estados dos EUA e em 4 províncias do Canadá.

Adalberto Maluf, Diretor de Marketing, Sustentabilidade e Novos Negócios da BYD do Brasil, afirma que a missão da BYD “é mudar o mundo, reduzindo nossa dependência de combustíveis fósseis por meio do desenvolvimento e avanço da tecnologia de baterias e veículos elétricos.

Maluf ressalta que a fabricante “é líder global de vendas de ônibus 100% elétricos por quatro anos consecutivos e já entregou cerca de 35 mil unidades em mais de 160 cidades pelo mundo”.

O diretor brasileiro da BYD afirma que todos estes ônibus já deixaram de emitir cerca de 5 milhões de toneladas de CO2, “o equivalente à plantação de 8 milhões de árvores, uma área proporcional a mais de 5 mil campos de futebol.”

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: