Roda do BRT do Rio de Janeiro se solta de ônibus em movimento

O acidente ocorreu no corredor Transoeste e, segundo informações da concessionária BRT Rio, ninguém ficou ferido. Foto: Divulgação.

Acidente ocorreu nesta segunda-feira, no corredor Transoeste

JESSICA MARQUES

A roda de um BRT (Bus Rapid Transit) se soltou com o ônibus em movimento nesta segunda-feira, 1º de outubro de 2018. O acidente ocorreu no corredor Transoeste e, segundo informações da concessionária BRT Rio, ninguém ficou ferido.

Enquanto operava pela Zona Oeste do Rio de Janeiro, entre as estações Pingo D’Água e Salvador Allende, o ônibus ficou sem uma das rodas, próxima à porta. O acidente não interrompeu a operação no trecho, de acordo com informações do BRT Rio.

Em nota, a concessionária ainda responsabilizou a Prefeitura do Rio de Janeiro pelo ocorrido. Segundo o BRT Rio, as más condições da via causam problemas mecânicos nos veículos e interferem na operação do sistema.

“Os buracos comprometem equipamentos e mecânica dos articulados. Os problemas mecânicos mais recorrentes afetam as rodas, os pneus, a suspensão dos veículos, a caixa de marcha, o reservatório do óleo de motor e até monitores embarcados. Mas não é só isso. Os buracos, rachaduras, depressões e calombos comprometem a segurança do transporte e colocam em risco passageiros e rodoviários”, informou o BRT Rio, em nota.

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Transportes, rebateu.

“A SMTR reforça que mantém monitoramento permanente, além de realizar ações de fiscalização frequentes para verificar as condições da frota e os serviços oferecidos à população. Somente este ano, o Consórcio BRT foi autuado 234 vezes devido ao mau estado de conservação dos veículos”, informou a Prefeitura, em nota.

Leia mais em Prefeitura do Rio de Janeiro afirma que Consórcio BRT foi autuado 234 vezes devido ao mau estado de conservação dos veículos

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Rodrigo Zika! disse:

    Isso e um absurdo, vergonha.

  2. Anderson Serpa Ribeiro disse:

    Multar o Consócio é fácil, dificil é fazer uma obra decente. O asfalto é ridículo.

Deixe uma resposta