STF determina prisão de senador Acir Gurgacz, dono da Eucatur

Publicado em: 26 de setembro de 2018

Foto: Marcos André (GO) (Ônibus Brasil)

Denúncia da Procuradoria Geral da República aponta que Acir apresentou documentos falsos para fraudar a compra de novos ônibus para empresa de transporte da qual é gestor

ALEXANDRE PELEGI

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou nesta terça-feira, dia 25 de setembro de 2018, recurso do senador Acir Gurgacz (PDT-RO), e determinou a imediata execução da pena de prisão. O senador havia sido condenado a 4 anos e 6 meses de prisão em regime semiaberto por crimes contra o sistema financeiro nacional, em fevereiro deste ano.

Denúncia da Procuradoria Geral da República afirma que no período de 2003 a 2004 o senador teria obtido, de forma fraudulenta, financiamento junto ao Banco da Amazônia para renovação da frota de ônibus da Eucatur, empresa de transporte gerida por ele.

Gurgacz, na condição de diretor das filiais da empresa de ônibus Eucatur em Manaus e Ji-Paraná (RO) em 2002, apresentou documentos falsos para fraudar a compra de sete novos ônibus.

Acir Gurgacz é candidato ao governo de Rondônia. No início de setembro, o Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-GO) negou o registro da candidatura, o que ainda depende recurso a ser julgado.

A Eucatur – Empresa União Cascavel de Transporte e Turismo é uma empresa brasileira de transporte rodoviário, coletivo urbano, cargas e táxi-aéreo, fundada em 1964 por Assis Gurgacz, no município paranaense de Cascavel.

A empresa está presente em 23 estados brasileiros, além de operar na Venezuela e Bolívia. A maior linha operada pela Eucatur liga o município catarinense de Criciúma a Porto Velho, em Rondônia, com mais de 3.590 quilômetros.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Irineu Queiroz dos Santos disse:

    O pai começou a vida empresarial “motornerando” (dirigindo) kombis na cidade de Cascavel PR e em estradas lamacentas, ou poeirentas da região oeste do Paraná. Um pioneiro que com certeza honrou e é orgulho da linda cidade de Cascavel e de sua população.

  2. Mayca Barbosa disse:

    O indivíduo cobra do governo do Estado por vôos que não realizou, frauda compra de ônibus e vem um e diz que o indivíduo “é orgulho da cidade de Cascavel e da população”????

Deixe uma resposta