Rodoviários da Estrela Azul suspendem greve no Rio após acordo com empresa

Foto: reprodução imagem TV Globo

Direção da viação se compromete a regularizar atrasos em 45 dias, incluindo cesta básica e outros benefícios

ALEXANDRE PELEGI

Os trabalhadores da Estrela Azul, empresa de transporte coletivo que opera no Rio de Janeiro, suspenderam o movimento de greve que começou na manhã desta terça-feira, dia 25 de setembro de 2018.

A paralisação foi suspensa às 10 horas, após acordo entre o Sindicato da categoria (Sintraturb Rio) e a direção da empresa, segundo informações do site G1.

Segundo o compromisso firmado, a Estrela Azul vai regularizar a dívida com os trabalhadores em 45 dias, o que inclui cesta básica e demais benefícios.

Os trabalhadores reclamam quatro meses de salário atrasados, além da defasagem de um ano e sete meses nos depósitos do Fundo de Garantia (FGTS).

Esta é a segunda manifestação dos rodoviários da empresa no ano. No dia 12 de abril eles cruzaram os braços em frente à garagem pelos mesmos motivos de agora.

Relembre: Paralisação de ônibus da Estrela Azul do Rio de Janeiro

Logo pela manhã os rodoviários realizaram um bloqueio em frente à garagem da empresa, no Sampaio, Zona Norte do Rio, e impediram a saída dos ônibus. Nove linhas que operam na região foram afetadas.

A Estrela Azul integra os Consórcio Internorte e Intersul, operando linhas que ligam as zonas Norte e Sul do Rio de Janeiro.

Logo pela manhã o Consórcio Intersul divulgou nota em que informou trabalhar junto aos empresários para regularizar a situação. E ressaltou “que as empresas de ônibus enfrentam a maior crise já vista no setor“.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes
Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta