Scania apresenta primeiro ônibus a gás natural liquefeito na IAA

Publicado em: 17 de setembro de 2018

Ônibus híbrido também será apresentado. Foto: Divulgação.

Veículo estará no Salão Internacional do Automóvel em Hannover, na Alemanha

JESSICA MARQUES

A Scania vai apresentar o primeiro ônibus com motor a GNL (gás natural liquefeito) na IAA (Internationale Automobil-Ausstellung), Salão Internacional do Automóvel em Hannover, na Alemanha.

O Scania Interlink Medium Decker que estará no salão é um MD de 13 metros, com um motor a GNL com autonomia de até mil quilômetros. Com isso, a Scania informa que vai ampliar a gama de opções de combustível alternativo para viagens sustentáveis em ônibus.

No salão, também será apresentado o Scania Citywide elétrico, que funciona por meio de baterias.

Os novos produtos foram mostrados em um vídeo divulgado pela Scania. Além dos ônibus, também estarão no IAA caminhões, incluindo veículos para transporte de longo curso.

 “Estamos bem no centro de uma mudança fundamental nos transportes pesados e a Scania aspira a liderar essa mudança, com todos os veículos com baixas emissões de carbono e zero emissões de gases de escape, de que os transportadores necessitam para as suas operações”, disse Alexander Vlaskamp, Vice-Presidente Sénior e Diretor da Scania Trucks.

A Scania estará no stand C 22, Pavilhão 12 da IAA, que ocorre de 20 a 27 de setembro. Confira o vídeo divulgado pela montadora com os novos modelos:

A montadora também ressaltou que as características de segurança da série L estarão presentes na operação de veículos híbridos.

Ao todo, serão apresentados sete caminhões e cinco ônibus urbanos e de turismo no evento. Todos os veículos contam com combustíveis renováveis e soluções com o objetivo de promover sustentabilidade.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Janete Cavalcante Coelho disse:

    meus parabens p a sccania pelo caminho ao qual esta seguindo, este e’ o nosso futuro,tecnologia de ponta funcional e de bem c o meio ambiente.

  2. Luiz Vitório disse:

    Que venha essa tecnologia para o Brasil!!

Deixe uma resposta