Sistema de biometria facial entra em vigor neste final de semana em Diadema

Ônibus de Diadema. Sistema de biometria facial entra em funcionamento no sábado e domingo. Foto: Adamo Bazani

Toda a frota já está equipada. Uso irregular do cartão resultará em bloqueio

ADAMO BAZANI

A partir deste final de semana os ônibus municipais de Diadema, na Grande São Paulo, vão contar com sistema de identificação biométrica facial.

O objetivo é evitar fraudes no uso de gratuidades, que provocam aumento dos custos no sistema e refletem no valor das passagens.

Todos os ônibus das empresas concessionárias da cidade, MobiBrasil e Benfica, já estão com os equipamentos.

O sistema de biometria facial vai fotografar os rostos de quem passar pelas catracas usando os cartões Escolar, Sênior e Bolsa Transporte.

As imagens serão comparadas com as fotos dos passageiros que contam com as gratuidades e descontos já cadastradas no sistema da prefeitura. O sistema analisa aproximadamente 500 pontos do rosto. Se for identificada alguma diferença, um profissional que opera o sistema faz novas verificações. Caso seja constatada a fraude, o cartão é bloqueado e a prefeitura abre um processo administrativo contra o passageiro.

A Secretaria de Assistência Social e Cidadania diz que recadastrou 6,4 mil passageiros que têm direito à gratuidade, como idosos, aposentados, pensionistas, pessoas com deficiência e acompanhantes. Cartazes foram colocados nos ônibus informando as mudanças.

PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES:

Para não ter problemas com a conferência do sistema biométrico, pessoas com deficiência e acompanhantes devem estar atentas. A secretária de assistência social, Caroline Rocha, em nota, diz que primeiro deve passar pela catraca o titular do benefício e só depois o acompanhante.

“Os cartões são pessoais e intransferíveis. No caso de passageiros com deficiêncoia que estão com acompanhantes, é importante ressaltar que será apenas um cartão para os dois, e sempre a pessoa com deficiência deve passar primeiro na catraca”, orientou a secretária de Assistência Social e Cidadania, Caroline Rocha.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: