Feira de Santana (BA) contrata auditoria para analisar equilíbrio econômico-financeiro do contrato de concessão do transporte urbano

Foto: Anderson Bacelar

Caberá à Deloitte auditar os números do serviço de transporte da cidade do interior baiano, hoje prestado pelas empresas concessionárias Rosa e São João

ALEXANDRE PELEGI

O transporte coletivo em Feira de Santana passará por uma auditoria.

Nesta terça-feira, dia 21 de agosto, o prefeito Colbert Martins Filho assinou contrato com a Deloitte Brasil Auditoria e Consultoria Empresarial, empresa que venceu a licitação para executar o trabalho.

Caberá à Deloitte auditar os números do serviço de transporte da cidade do interior baiano, hoje prestado pelas empresas concessionárias Rosa e São João.

Feira de Santana, segunda maior cidade do estado da Bahia, tem cerca de 630 mil habitantes.

O prazo para conclusão do trabalho da auditoria é de até seis meses, e seu objetivo é analisar o contrato mantido com as empresas de ônibus quanto à existência de desequilíbrio econômico-financeiro.

O representante da Deloitte no Brasil afirmou que a empresa vai requerer um detalhamento das duas companhias, com dados sobre o número de passageiros transportados, custo de combustível, pneus, entre outros. A partir das informações coletadas será possível avaliar se a atual tarifa (cobrada e projeta) permite equilibrar o contrato previsto em edital.

O custo da auditoria é de R$ 790 mil aproximadamente, e de acordo com o prefeito é um investimento que trará “custo-benefício relevante” para Feira de Santana.

O secretário de Transportes, Saulo Figueiredo, aponta ainda que a contratação da Deloitte representa credibilidade e transparência no processo de análise do pedido de reequilíbrio econômico. Ele afirma que o estudo vai dar ao município uma importante ferramenta para o futuro do transporte urbano municipal.

A primeira reunião de trabalho da auditoria já foi realizada no mesmo dia da assinatura do contrato, e ocorreu na presença de dirigentes da empresa contratada, de representantes das concessionárias de transporte público e de técnicos da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT).

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

1 Trackback / Pingback

  1. Feira de Santana, na Bahia, retoma obras para operação do sistema BRT – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: