Mercedes-Benz lança sistema de segurança para ônibus rodoviários

Apresentação foi feita pelo diretor de Vendas e Marketing de Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, Walter Barbosa. Foto: Adamo Bazani

Veículos O 500 RS e RSD ganham piloto automático adaptativo

JESSICA MARQUES / ADAMO BAZANI

A Mercedes-Benz apresentou nesta sexta-feira, 13 de julho de 2018, um novo sistema de segurança para ônibus rodoviários. Agora, os veículos O 500 RS e RSD contam com piloto automático adaptativo, que acelera e freia sem a ação do motorista e mantém uma distância segura do veículo à frente.

Diário do Transporte acompanhou a demonstração da operação do sistema. O ACC (Adaptive Cruise Control – piloto automático adaptativo) funciona acima de 15 km/h. Abaixo dessa velocidade, o motorista é quem deve assumir total controle do ônibus, uma vez que a tecnologia para trânsito intenso e tráfego urbano ainda está sendo desenvolvida.

Mesmo quando o ACC estiver ativado, o motorista continua com autonomia para acelerar ou frear. Caso queira pressionar os pedais, o sistema é desabilitado automaticamente e o controle do veículo volta para o condutor.

Quando habilitado, o piloto automático adaptativo mantém uma distância segura do veículo que está na frente do ônibus, que é programada em segundos. Desta forma, o risco de acidentes é reduzido, pois o motorista pode manter maior foco na direção, conforme explicou pelo diretor de Vendas e Marketing de Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, Walter Barbosa.

“O ACC e o AEBS em conjunto, incluindo o leitor de faixa, varia de 3% a 8% no valor do veículo, porque o custo do sistema é basicamente igual para sistemas diferentes de carros. Pode ser instalado em um RS, que é um 4×2, e em um 6×2, seja ele 360 cv ou 408 cv, por isso a variação do preço em relação ao veículo” – disse.

Na visão do diretor, o investimento na introdução do ACC nos ônibus rodoviários representa um grande passo rumo aos ônibus autônomos no país.

Outra função do sistema é que o ônibus pode trafegar em uma velocidade constante programada pelo motorista. Desta forma, é possível evitar trafegar além do limite permitido de forma automática e o motorista pode se preocupar exclusivamente com o trânsito. Apesar do recurso, o sistema não faz a leitura de placas que indicam limites das vias.

Conheça o sistema:

LINHA O 500

Além do novo sistema, a Mercedes também divulgou 14 itens tecnológicos de segurança que passam a integrar a linha O 500. Com isso, a eficiência do piloto automático adaptativo é ainda maior.

O AEBS (Advanced Emergency Braking System – sistema de frenagem de emergência) une-se ao ACC para evitar colisões frontais. Conforme explicado por Walter Barbosa, o recurso tem três etapas de funcionamento: alerta sonoro e visual, frenagem parcial e frenagem total.

Outro recurso de segurança apresentado foi o LDWS (Lane Departure Warning System – sistema de aviso de faixa), que informa quando o condutor muda de faixa sem acionar a seta. O alerta pode ser sonoro ou por vibração do banco.

“O ACC vai trabalhar em conjunto com o AEBS, que é o sistema de frenagem emergencial. Toda vez que houver uma parada abrupta por um veículo da frente, o ACC vai reduzir essa velocidade e o AEBS vai fazer a paragem total do veículo, com a intenção de reduzir o risco de acidente” – explicou Walter Barbosa.

Durante a apresentação, também foram citados outros itens de segurança para a linha O 500. São eles:

• TPMS (Tyre Pressure Monitoring System) – sistema de monitoramento da pressão e temperatura dos pneus

• Retarder – sistema auxiliar de freio;

• Top-Brake – freio-motor auxiliar;

• Suspensão com sistema anti-tombamento;

• ABS – sistema anti-travamento;

• ASR – sistema de controle de tração;

• EBS – sistema eletrônico de freios;

• ECAS – suspensão pneumática controlada eletronicamente;

• ESP – controle eletrônico de estabilidade;

• Eixo ERA direcional: maior estabilidade;

• Freio a disco.

Walter Barbosa afirmou que a empresa de transportes Águia Branca já encomendou veículos O500 RSD 6×2 (três eixos) com todas as tecnologias de segurança apresentadas. Outras empresas também demonstraram interesse em adquirir a tecnologia.

Durante a apresentação, a Mercedes também mostrou o Pacote “Fuel Efficiency” para os ônibus rodoviários O 500 RS, RSD e RSDD. As soluções garantem uma economia de 2% a 8% no consumo de combustível.

Relembre: Mercedes-Benz renova linha de ônibus rodoviários com pacote tecnológico que pode reduzir em até 8% o consumo de óleo diesel

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: