Programa de Logística Verde Brasil lança manual de boas práticas para transporte de carga

A Corpus fechou contrato com a BYD, empresa global especializada em energia limpa, para a compra de 200 caminhões totalmente elétricos para o serviço de coleta e processamento de lixo. Foto: André Akio Shinozuka

Corpus Saneamento e Obras e a BYD do Brasil participaram do lançamento

JESSICA MARQUES

O Programa de Logística Verde Brasil lançou o Manual de Aplicação: Boas Práticas para o Transporte de Carga na última quarta-feira, 4 de julho de 2018. A intenção da distribuição do material é orientar empresas, na forma de autoavaliação, sobre as decisões tomadas com relação a sustentabilidade.

“O material tem como objetivo orientar as empresas, na forma de uma autoavaliação, quanto à escolha, aplicação, avaliação e relato das Boas Práticas para o Transporte de Carga, descritas no Guia de Referências em Sustentabilidade: Boas Práticas para o Transporte de Carga, por meio da aplicação de um procedimento estruturado” — informou a organização do Programa de Logística, em nota.

A versão eletrônica do “Manual de Aplicação: Boas Práticas para Transportes de Carga” está disponibilizada no site do programa para download gratuito. Para baixar, clique aqui.

A Corpus Saneamento e Obras e a BYD do Brasil participaram do lançamento. Segundo com a gerente de desenvolvimento da Corpus, Suzane de Sousa Gomes a empresa é referência em ações de sustentabilidade no transporte de resíduos e pode auxiliar outras companhias a alcançar metas na redução de custos de transporte, logística e preservação ambiental.

“Em razão da importância que o PLVB tem para o Brasil, nos tornamos membros do programa. O expertise da Corpus, desenvolvido ao longo de mais de 30 anos no gerenciamento de resíduos industriais e hospitalares, atuando em toda a cadeia, está totalmente alinhado com o Manual de Aplicação: Boas Práticas para o Transporte de Carga” — disse.

Recentemente, a Corpus fechou contrato com a BYD, empresa global especializada em energia limpa, para a compra de 200 caminhões totalmente elétricos para o serviço de coleta e processamento de lixo, transformando-se na primeira companhia na América Latina a formar uma frota 100% verde.

Relembre: Empresa que atua em São Paulo e no Espírito Santo encomenda 200 caminhões elétricos da BYD

“O eT8a é o caminhão de lixo mais silencioso e confortável do mercado, garantindo o bem-estar e a satisfação da população. Diferente dos caminhões movidos a diesel, sua transmissão está diretamente ligada ao motor, sem embreagem. Para facilitar as partidas nas mais íngremes rampas, possui torque máximo de 1.500 Nm a partir de zero rpm, o maior da categoria, uma revolução em relação aos convencionais, que possuem menos torque e somente a rotações bem mais elevadas”  contou Carlos Roma, diretor de vendas da BYD do Brasil.

As atividades logísticas representam de 7% a 9% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial e cerca de 12% do PIB brasileiro. Segundo a Agência Internacional de Energia, os transportes são os maiores consumidores mundiais de combustíveis derivados de petróleo, uma fonte de energia não renovável, representando 29% deste montante em 2013.

A categoria de transportes é uma das que mais contribuem para a emissão de gases de efeito estufa, com crescimento de 2,3 vezes nos últimos 40 anos. O aumento de concentração desse tipo de gás na atmosfera é responsável pelo aquecimento global.

No Brasil os transportes respondem por 69% do consumo de petróleo e gás natural e por 13,8% das emissões de gases do efeito estufa. De toda energia consumida em transportes no mundo, 93% é de derivados de petróleo e no Brasil, este valor atinge 80%.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: