Neobus abre filial em São Paulo com foco em ônibus urbanos

Publicado em: 18 de junho de 2018

Nova geração do Mega Plus foi lançada sem divulgação

Executivo fala em novos produtos e na estratégia dos “rodoviários leves”

ADAMO BAZANI

Como já havia noticiado o Diário do Transporte no início do ano, a Neobus, que pertence integralmente à Marcopolo desde 2016, vai priorizar os segmentos de micro-ônibus e de modelos urbanos.

E como parte desta estratégia, a encarroçadora anunciou nesta segunda-feira, 18 de junho de 2018, que abriu uma filial na capital paulista.

A cidade de São Paulo e a região metropolitana são os principais mercados de ônibus urbanos de todo o País e estão entre os maiores do mundo.

Em nota, o diretor da Neobus, João Paulo Ledur, diz que a ação também é um sinal de recuperação, mesmo que gradativa, do segmento.

 “Terminamos 2017 com excelente desempenho no segmento de micro-ônibus, no qual fomos o maior fornecedor para o programa Caminho da Escola, e nas exportações, onde alcançamos o nosso melhor resultado histórico, com produção superior a 500 unidades”, comenta.

 “Somos reconhecidos pela robustez e qualidade dos nossos produtos e pela velocidade de resposta às demandas dos parceiros. A filial São Paulo vai permitir que sejamos ainda melhores e atendamos o cliente com ainda mais excelência”, acrescenta.

Segundo a Neobus, um dos objetivos com a unidade é conseguir mais mercado na região, além de ficar mais próximos dos frotistas.

A filial vai oferecer serviços ligados a vendas, pós-vendas, assistência técnica e será um centro de distribuição de peças e componentes.

RODOVIÁRIOS LEVES, FRETAMENTO E NOVIDADE:

João Paulo Ledur reafirmou que o intuito da Neobus é focar em veículos mais leves, atraentes para os frotistas e que ofereçam fácil manutenção.

Uma das metas é manter “presença forte no segmento escolar, com o fornecimento para o Caminho da Escola e repetir o bom desempenho alcançado no ano passado em micros, com a produção de 815 unidades.”

O executivo disse ainda que neste ano a Neobus deve lançar mais modelos novos. Rodoviários leves e ônibus de fretamento estão nos planos.

“Este ano, também vamos apresentar várias novidades em termos de novos produtos para intensificar nossa presença em urbanos e também em rodoviários leves, destinados ao segmento de fretamento. No mercado externo, pretendemos manter os mercados e clientes conquistados nos últimos anos para consolidar a marca no exterior, sobretudo nos países da América Latina”, destaca.

Neste ano, a empresa lançou a nova geração do modelo urbano Neobus Mega Plus, sem muita divulgação, com linhas parecidas com seu “irmão” Marcopolo Torino S.

A filial na Avenida Tancredo Neves,, na zona Sul, da capital, aproveitando as estruturas da filial da Marcopolo.

Adamo Bazani, jornalista especializados em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. jackson disse:

    lixo essa neobus seguirá o mesmo destino da ciferal.

  2. William de Jesus disse:

    Duvido que isso dure por muito tempo. A Marcopolo jamais irá permitir uma concorrência interna. A exceção é a Volare, que ainda tem um laço com a Marcopolo mas de uma forma mais discreta. Ciferal teve um destino melancólico e não duvido nada que o mesmo ocorra com a Neobus.

    O que me deixa mais triste nisso tudo é que a Marcopolo parece fazer isso sem uma visão mais ampla do que ela precisa melhorar. Ela mantem o mesmo produto (ao meu ver, ruim) e não aproveita nada de bom das concorrentes que ela adquire.

    Tem muitos que dizem que há um monopólio da Caio em SP, mas o que eu percebo é que isso só acontece por causa de encarroçadoras que tem uma visão muito individualista.

    Certa está a Caio, que está centrada no segmento urbano e agora com acionistas da empresa cuidando da Busscar, pretendem melhorar no segmento rodoviário

Deixe uma resposta