ANTT formaliza a transferência das operações da Viação Motta para a 4S Participações (Grupo Feitosa)

O tradicional "M" da pintura está desaparecendo do layout dos veículos

Negócio já havia se concretizado em 2016, mas oficialização é fundamental para ampliações

ADAMO BAZANI

A ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres formalizou, em edição do Diário Oficial da União desta segunda-feira, 4 de junho de 2018, a transferência das operações da Viação Motta Ltda para 4S participações Ltda, do Grupo Feitosa, do Ceará.

Era o último detalhe técnico para que, do ponto de vista operacional, o negócio realizado em 2016 fosse definitivamente oficializado.

Com isso, novas requisições de linhas e modificações de trajetos já poderão ser feitas em nome da 4S Participações, de acordo com ANTT.

A 4 S está em nome de Silvia Feitosa De Albuquerque Lima Babadopulos e Luzia Feitosa de Albuquerque Lima, como sócias principais, e a Motta já aparece nos estatutos sociais. A Motta já figura na relação das empresas que possuem sócios em comum da 4 S, além da Rotasol Transporte e Fretamento S/A, Master (Master Integradora De Franquias Ltda e Automobile Consultoria (Automobile Veículos e Peças Ltda).

O endereço social é Av. Dom Luís, 1200, Sala 1604 – Aldeota, Fortaleza.

Uma das primeiras empresas do “império da família Vega”, a Princesa dos Inhamuns foi fundada em 1968 e atende a 53 municípios cearenses, com destaque para linhas executivas para Crateús, Tauá São Benedito Canindé e Ipueiras. São 52 ônibus com idade média de três anos que transportam em torno de 150 mil pessoas por mês. O proprietário é Francisco Feitosa.

Já a Viação Motta foi fundada em 31 de março de 1967 na cidade de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, por Pedro Cassimiro da Motta, que morreu em 1996.

A Motta faz linhas interestaduais entre São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná, Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal.

LIGAÇÃO COM JACOB BARATA:

O nome do empresário controlador do Grupo Vega, Francisco Feitosa, ganhou ainda mais destaque em julho de 2013, quando o casamento de seu filho, Francisco Feitosa Filho, com Beatriz Barata, foi marcado por protestos. Na época, havia manifestações contra o valor das tarifas de ônibus em todo o país.

Beatriz é neta do empresário Jacob Barata, considerado Rei dos Ônibus, do Rio de Janeiro.

Na ocasião, matéria do jornal O Globo, de 16 de julho, com o título “Famílias unidas por casamento já eram parceiras nos negócios”, mostrou a relação dos Feitosa com a família Barata antes mesmo do enlace matrimonial.

O enlace matrimonial entre Beatriz Barata e Francisco Feitosa Filho, marcado por protestos no último fim de semana, não foi a primeira união entre as famílias carioca e cearense. Em janeiro de 2008, o empresário Jacob Barata, avô de Beatriz, considerado o “Rei dos ônibus” do Rio, fundou em Fortaleza, junto com o também empresário de transportes e ex-deputado federal Francisco Feitosa, pai do noivo, a Mandacaru Administradora de Cartões S/A. Na ata de constituição da companhia, além de Barata, aparecem mais três parentes seus, e a Jacob e Daniel Participações, que também faz parte de seu grupo. Atualmente, a Mandacaru, entre outras atividades, administra o Libercard, que pode ser utilizado para a aquisição de créditos de vale-transporte em várias cidades do Ceará.

Na composição societária da empresa, Francisco Feitosa aparece através da FF Agropecuária e Empreendimentos S/A. Fontes ouvidas pelo GLOBO disseram que a Mandacaru é formada pelos controladores de todas as companhias de ônibus de Fortaleza. A composição acionária seria na mesma proporção da participação dos grupos no sistema de transportes local. A Mandacaru começou apenas como uma fornecedora de vale-refeição e outros benefícios sociais para os funcionários das empresas de coletivos. Ao menos no primeiro ano de funcionamento, Jacob Barata Filho foi um dos quatro nomeados para o Conselho de Administração. – diz parte da matéria, que pode ser relembrada na íntegra em: http://oglobo.globo.com/rio/familias-unidas-por-casamento-ja-eram-parceiras-nos-negocios-9049542

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta