Às vésperas de aumento, Câmara questiona reajuste da tarifa em Natal/RN

Foto: Divulgação

Decisão do Conselho, que definiu reajuste, ocorreu sem a participação dos representantes da Câmara de Natal, que não teriam sido convidados para discutir o assunto

ALEXANDRE PELEGI

Em decreto de número 11.518, publicado neste sábado, dia 19 de maio de 2018, em edição especial do Diário Oficial do município, o Prefeito de Natal, Álvaro Costa Dias, reajustou os valores das Tarifas do Transporte Coletivo Urbano.

O preço da passagem passa de R$ 3,35 para R$ 3,65, e segundo o decreto passa a valer a partir de amanhã, domingo, dia 20 de maio.

A Câmara de vereadores da capital do Rio Grande do Norte, no entanto, questiona o aumento concedido pelo executivo municipal, e afirma que poderá recorrer da decisão do Conselho de Transporte e Mobilidade Urbana, que redundou no decreto que autorizou o reajuste.

Por meio de nota divulgada neste sábado, dia 19 de maio, o Legislativo potiguar afirma que poderá tomar uma providência jurídica e recorrer do aumento.

O motivo, segundo na nota, foi o fato de o Conselho ter tomado a decisão sem a participação dos representantes da Câmara, que, de acordo com nota, “não foram convidados para discutir a proposta de reajuste“.

A ausência dos vereadores pode anular a decisão, segundo afirma a nota. Além disso, “os vereadores entendem que o aumento é abusivo e não existe transparência na planilha para validar um aumento da tarifa”.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta