Rodoviários de Salvador aumentam pressão em campanha salarial e decidem paralisar ônibus no domingo (20)

Foto: Divulgação / Semob

Categoria fez paralisação parcial de 900 ônibus do Consórcio OT Trans nesta quarta-feira (16)

ALEXANDRE PELEGI

Aumenta a tensão entre empresas de ônibus e rodoviários de Salvador, que na manhã de ontem, dia 16 de maio, já redundou na paralisação parcial de 900 ônibus do Consórcio OT Trans.

Agora, a categoria decidiu que os ônibus não circularão neste domingo, dia 20 de maio. Confirmada por Daniel Mota, diretor do sindicato dos rodoviários, a nova paralisação acontecerá por culpa dos empresários, que não oferecem ajuste salarial para a categoria.

Em declaração ao jornal “A Tarde” Daniel afirmou que a categoria está em estado de grave. A decisão ocorreu após assembleia realizada na manhã de hoje, dia 17 de maio.

A negociação entre concessionárias e sindicato dos rodoviários tem data limite para encerrar: 30 de maio, menos de duas semanas.

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) procura uma saída intermediária para o impasse.

Fábio Mota, secretário da Semob, revelou em entrevista que a intenção é encontrar uma proposta que seja o meio termo entre as partes.

Leia matéria publicada mais cedo hoje sobre o assunto:

Empresários de ônibus de Salvador, pressionados por campanha salarial de rodoviários, reclamam de alta taxa de evasão e gratuidade

 

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: