Antiga estação ferroviária de Resende (RJ) será reformada nos próximos meses

Em 2010, a administração do local foi passada pelo Governo Federal para a responsabilidade do Município.

Após assinatura de Termo de Ajustamento de Conduta, obras na estação de Engenheiro Passos começa em até 90 dias

JESSICA SILVA PARA O DIÁRIO DO TRANSPORTE

A reforma da antiga estação ferroviária do distrito de Engenheiro Passos deve começar nos próximos meses em Resende, no Rio de Janeiro. A previsão da Prefeitura é que a obra tenha início em até 90 dias.

A intervenção será possível porque o prefeito Diogo Balieiro assinou, na sexta-feira, 21 de abril de 2018, um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) para reforma da estação.

O acordo foi feito entre a Prefeitura, o Ministério Público Federal, o Iphan-RJ (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), a empresa de logística MRS e a Secretaria de Estado de Transportes.

Conforme informou o prefeito, inicialmente as obras estavam previstas para ocorrer no galpão que fica ao lado da Estação do Trenzinho. “No entanto, esse galpão fica entre os trilhos, o que inviabiliza a utilização do espaço. Com o TAC, transferimos a reforma para a estação abandonada de Engenheiro Passos, que fica na beira da Dutra” – explicou o prefeito, em nota.

A intenção é que a área seja utilizada para a venda de artesanato e produtos locais. Após a obra, a estação pode se tornar um ponto turístico para a região.

A reforma estava sendo pleiteada pela Prefeitura desde 2010, na administração do prefeito José Rechuan. Na ocasião, o chefe do executivo tinha a intenção de implantar um Centro de Informações Turísticas e de Artesanato na Estação Ferroviária do distrito de Engenheiro Passos.

Também em 2010, a administração do local foi passada pelo Governo Federal para a responsabilidade do Município. O espaço cedido à administração municipal totaliza cerca de 640 metros quadrados, incluindo três imóveis: o prédio da própria estação, a Casa do Engenheiro e o armazém existente no pátio local.

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. PAUL WILLIAM DIXON disse:

    Deveriam reativar trens regulares de passageiros em Engenheiro Passos. Poderia ser final de linha de um trem regional para o Rio, com paradas em todas as estações. Poderia haver também a baldeação para um trem semelhante paulista, de Eng Passos a Estudantes. Acorda Brasil!
    Isso revitalizaria toda a região, inclusive Itatiaia, Floriano e tantos outros lugares que, depois que o bandido FHC cancelou o trem, são esquecidas.

Deixe uma resposta