Região metropolitana de Belém (PA) amanhece com greve de ônibus

Foto: Divulgação Crédito: Diário do Pará

Greve foi anunciada nesta quarta-feira (18), após decisão da assembleia geral dos rodoviários de Ananindeua e Marituba; motoristas da capital paraense aderiram ao movimento

ALEXANDRE PELEGI

Rodoviários de Belém, capital do Pará, se juntaram aos motoristas de ônibus de Ananindeua e Marituba e deflagraram greve na manhã desta quinta-feira, dia 19 de abril.

A greve foi anunciada ontem, quarta-feira (18), após assembleia geral dos rodoviários de Ananindeua e Marituba, cidades da Grande Belém. Os motoristas da capital aderiram à greve, que afeta 2 milhões de passageiros.

A decisão de paralisar os serviços de ônibus nas três cidades surgiu após o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belém (Setransbel) rejeitar os pedidos de reajuste salarial da categoria.

Já nesta terça-feira (17), prevendo a paralisação dos ônibus, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) expediu liminar determinando a circulação de 80% da frota de ônibus em Belém.  A liminar expedida pela desembargadora do Trabalho, Francisca Formigosa, determina ainda multa de R$20 mil por ônibus que circule sem cobrador; a decisão é decorrente de anúncio feito pelos rodoviários de que poderiam circular com catraca livre.

Os rodoviários de Belém, Ananindeua e Marituba exigem diminuição da jornada de trabalho para 6 horas e 20 minutos, além de 10% de reajuste salarial e R$700 de vale alimentação.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. izabele Souza disse:

    boa tarde, bom estou fazendo um trabalho sobre os rodoviários de transporte publico, e no meu trabalho tenho um grande interesse em citar essa ultima greve, só que estou precisando de alguns dados a mais, por exemplo quantas horas os rodoviários trabalhavam antes de reivindicar essas 6 horas e 20 minutos e quanto era o vale alimentação algo do tipo se vc poder me dá essas informações agradeço bastante, com muita atenção Izabele

Deixe uma resposta