“Invasão” Brasileira? – Marcopolo inaugura unidade na China

Ônibus da Marcopolo devem estar mais presentes no mercado mundial

Marcopolo Changzhou Bus Manufacturing Co., Ltd. vai atender a todo mercado asiático, segundo governo local

ADAMO BAZANI

Quando se fala em setor automobilístico, indústrias de todo o mundo ficam atentas para o movimento de marcas chinesas, que cada vez mais abrem plantas novas em diversos países.

Com o segmento de veículos pesados não é diferente.

Em relação aos ônibus, desde 2015, a chinesa BYD, que fabrica modelos elétricos, já atua em território brasileiro, na cidade de Campinas, no Interior de São Paulo.

Sempre aparecem notícias de grupos chineses que vêm ao Brasil para estudar o mercado de ônibus.

Mas a genuinamente brasileira Marcopolo conseguiu que o caminho inverso fosse feito.

Neste último dia 28 de março de 2018, após obter a licença do governo da cidade de  Changzhou, a fábrica que atua desde 1949 em Caixas do Sul, no Rio Grande do Sul, abriu uma planta industrial para fabricar e montar os ônibus.

Até então, desde 2001, a empresa tinha apenas uma representação pela Marcopolo Auto Components CO. LTD.

A foto oficial do governo local mostra bem a integração que haverá entre culturas e tecnologias. Na cerimônia de inauguração, entre os “engravatados” executivos, pessoas com trajes típicos chineses e gaúchos.

Cerimônia reuniu culturas de Changzhou e Caxias do Sul (PRNewsfoto/Changzhou National Hi-Tech Dist)

Segundo a administração pública, os contatos entre a Marcopolo e o governo local se intensificaram ainda em 2003, com Caxias do Sul estabelecendo uma relação de cidade-irmã com Changzhou.

Em nota, o governo local disse que a infraestrutura, políticas de incentivo e a disponibilidade de mão de obra qualificada motivaram a escolha da Marcopolo.

A cidade da região do Delta do Rio Yangtze possui um sistema completo de serviços e recursos humanos para apoiar a fabricação de componentes de ônibus. Após uma investigação sistemática, a Marcopolo descobriu que a estrutura, os serviços e as políticas da Zona Franca de Comércio de Changzhou podem ajudar as empresas a reduzir o ciclo de produção e reduzir os custos de produção. Por esta razão, a empresa decidiu registrar a Marcopolo ( Changzhou ) Bus Manufacturing Co., Ltd. na zona e iniciar a fabricação e comercialização de componentes e carrocerias de ônibus, os quais serão vendidos no exterior.

A Marcopolo confirmou ao Diário do Transporte o início das atividades desta planta na China e acredita que a unidade vai permitir que a marca atue de maneira mais competitiva e ampliando as exportações para a região.

A encarroçadora brasileira tem atuação única ou em parceira em plantas localizadas em países como Canadá, EUA, Índia,  Egito, África do Sul, Argentina, México, Colômbia, Austrália.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

6 comentários em “Invasão” Brasileira? – Marcopolo inaugura unidade na China

  1. Ledimar José teles de Queiroz // 31 de março de 2018 às 06:50 // Responder

    A Marcopolo é a melhor para viagem e trabalho parabéns Marcopolo

  2. NOSSA CAXIAS DO SUL. MUITO ORGULHO!

  3. Na China, tudo eh possivel, nada facil…

  4. Parabéns março pólo PR mais essa nova etapa q admiro muito tempo

  5. Marcopolo entra até na China mas não entra nas RUAS de SP…

  6. Marcopolo, orgulho nacional!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: