Atendimento para cadastro do Cartão Prioridade é ampliado em Santo André

Desde o lançamento, foram emitidos 3.150 cartões. Foto: Ricardo Trida / Prefeitura de Santo André

Número de atendentes passará de 12 para 17; com o bilhete, idosos com 65 anos ou mais poderão embarcar pela porta da frente dos ônibus

JESSICA SILVA PARA O DIÁRIO DO TRANSPORTE

Os idosos com 65 anos ou mais que pretendem fazer o cadastro do Cartão Prioridade, em Santo André, para embarcar gratuitamente pela porta da frente dos ônibus municipais, serão atendidos com mais agilidade. Segundo informações da Prefeitura, a estrutura de atendimento para a emissão do bilhete será ampliada a partir desta quarta-feira, 14 de março.

O cadastro dos idosos está sendo feito no saguão do Teatro Municipal. De 12 atendentes, o local passará a ter 17 funcionários e serão instaladas mais impressoras para agilizar a emissão dos cartões. Na última sexta-feira, 9 de março, o Prefeito Paulo Serra esteve no local e presenciou lentidão no atendimento.

O bilhete foi lançado no dia 5 de março e, desde então, foram emitidos 3.150 cartões, conforme último balanço feito pela Prefeitura, até o dia 12 de março. A expectativa da administração municipal é de que 35 mil usuários façam o cadastro até o dia 6 de abril, quando a primeira fase do cadastro será concluída.

Após essa data, o cadastro para a emissão do Cartão Prioridade não será interrompido. Os idosos poderão emitir o bilhete na AESA (Associação das Empresas do Sistema de Transporte de Santo André), que fica no Grand Plaza Shopping, no centro de Santo André.

O lançamento do Cartão Prioridade teve como objetivo trazer mais conforto ao embarque dos usuários com 65 anos ou mais. Desta forma, quem preferir poderá embarcar pela porta da frente dos ônibus, gratuitamente. Apesar da facilidade, a emissão do bilhete não é obrigatória e o embarque poderá ser feito pela porta traseira, com apresentação de documento de identidade.

“O sistema que funcionava anteriormente trazia desconforto, não era digno e causava acidentes com nossos idosos. Com o lançamento deste cartão, a melhor idade tem a partir de agora um tratamento diferente na nossa cidade, com mais respeito e com o valor que deve ser dado a este público. Esta melhoria faz parte de um conjunto de medidas que estamos tomando para mudar e melhorar a qualidade do transporte público, além de poder mensurar a quantidade de idosos que utilizam o nosso sistema” – afirmou o prefeito Paulo Serra, em nota enviada pela Prefeitura.

Cartão Prioridade

Número de atendentes passará de 12 para 17 no Paço Municipal. Foto: Ricardo Trida / Prefeitura de Santo André

COMO OBTER O CARTÃO PRIORIDADE

O cadastramento está sendo feito no saguão do Teatro Municipal de Santo André, que fica no Paço Municipal (Praça IV Centenário, s/nº). O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Para se cadastrar, é preciso levar um documento de identidade com foto, para comprovar que a pessoa tem 65 anos ou mais. Além disso, é preciso levar um comprovante de endereço de Santo André. De acordo com informações da Prefeitura, pode ser uma conta de água, luz ou telefone fixo, desde que tenha sido emitida nos últimos três meses e esteja no nome do idoso.

A emissão do cartão é feita de forma gratuita e, após o cadastro da biometria, o bilhete fica pronto na hora. A primeira etapa do cadastramento será até o dia 6 de abril.

A partir do dia 9 de abril, será possível emitir o bilhete na AESA, que fica na Avenida Industrial, número 600. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

HISTÓRICO

O Cartão Prioridade foi criado no dia 5 de março, para permitir que pessoas com 65 anos ou mais possam embarcar pela porta dianteira do ônibus, passando gratuitamente pelo validador da catraca.

No primeiro dia de cadastro, 315 pessoas compareceram ao Paço Municipal para obter o Cartão Prioridade. A expectativa de atendimento da Prefeitura é de 35 mil usuários até o dia 6 de abril, quando a primeira fase do cadastro será concluída.

Antes da criação do Cartão Prioridade, a única possibilidade de embarque para passageiros com 65 anos ou mais era mediante a apresentação de um documento de identidade com foto. Neste caso, os idosos sempre entravam pela porta de trás, para obter gratuidade.

A medida integra a campanha “Pela Porta da Frente”, promovida pela Prefeitura, por meio da SATrans, em parceria com a AESA (Associação das Empresas do Sistema de Transporte de Santo André).

Gratuidade para idosos de 65 anos ou mais é garantida pela Constituição

Apesar de a Prefeitura apresentar aos idosos a opção de embarcar pela porta dianteira, mediante a apresentação do Cartão Prioridade, o uso do bilhete não é obrigatório no município.

Os passageiros com mais de 65 anos que optarem por não utilizar o Cartão Prioridade vão continuar autorizados a subir no ônibus utilizando a porta traseira, mediante apresentação de documento de identificação, com foto. A gratuidade no transporte coletivo para idosos é um direito constitucional.

Cartão Melhor Idade

Em Santo André, o transporte municipal oferece gratuidade aos passageiros entre 60 e 65 anos. O benefício é concedido a 176 mil pessoas por mês, com o uso do Cartão Melhor Idade, conforme informações da Prefeitura.

1 comentário em Atendimento para cadastro do Cartão Prioridade é ampliado em Santo André

  1. Essa história está muito entranha por que sr prefeito Paulo serra está com essa atitude sera para aumentar receita do empresário ronam Maria pintor mais seu bando essa aesa não dá pinta ser no

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: