Operadoras da Itália encomendam 13 ônibus elétricos BYD da China

Veículos 100% elétricos serão construídos nas fábricas da empresa na China, e deverão ser entregues no segundo semestre de 2018

ALEXANDRE PELEGI

A fábrica na China da BYD, empresa global especializada em energia limpa, recebeu a encomenda de quatro operadores de transporte da região do Piemonte, da Itália. Os pedidos somam um total de 13 ônibus 100% elétricos do novo modelo que a empresa divulgou no “Busworld Show”, maior feira mundial de ônibus, realizada em Kortrijk, na Bélgica, entre 20 e 25 de outubro de 2017.

Piemonte, uma região situada no norte da Itália, com 4,3 milhões de habitantes, tem como capital a cidade de Turim, cujo operador GTT encomendou oito ônibus (que se juntarão à sua frota de 20 ônibus de 12 metros da BYD).

Os outros ônibus restantes foram encomendados pela AMAG, operadora da cidade de Alessandria, com cerca de 80 mil habitantes e pelo operador nas proximidades de Saluzzo e Chiesa, em Carmagnola (comuna com cerca de 25 mil habitantes).

Todos os ônibus que serão fabricados especialmente para a região do Peimonte, na Itália, compartilham uma especificação padrão, cujas principais características são: 2 portas; Piso baixo; comprimento total de 8.75m; duas baterias com potência total de 174 kWh; uma faixa no serviço de 150-200 km (para as condições da UITP Sort 1); e capacidade total para 58 passageiros.

Os ônibus serão fabricados nas fábricas da BYD na China, e deverão chegar à Itália no segundo semestre de 2018.

Para Isbrand Ho, diretor- gerente da BYD da Europa, essas ordens são duplamente significativas para a BYD, pois “seguem nossa posição crescente no importante mercado de ônibus italiano, no qual estamos progredindo frente a uma forte concorrência e também representam um voto de confiança em nosso modelo mais recente, o Midibus“.

Ele afirma ainda que “somente neste mês podemos anunciar pedidos para os nossos maiores modelos – dois ônibus elétricos articulados de 18 m – do nosso cliente Nobina na Noruega, além desses 13 – o menor modelo para os nossos clientes europeus em Piemonte“.

Gigante global especializada em energia limpa, a BYD foi fundada em 1995. Abriu sua primeira fábrica no Brasil, em Campinas, em 2015, onde atua na produção de ônibus elétricos e comercialização de veículos e empilhadeiras.

Em abril de 2017, neste mesmo local, inaugurou sua planta de produção de módulos fotovoltaicos.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

1 comentário em Operadoras da Itália encomendam 13 ônibus elétricos BYD da China

  1. Amigos, bom dia.

    E nós com a fábrica em Campinas …

    Depois não sabem por que somos Tupiniquim e do 3o mundo.

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    MUDA BARSIL.

    Att,

    Paulo Gil

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. BYD vence licitação de seis ônibus 100% elétricos para a cidade de Pádua, noroeste da Itália – Diário do Transporte
  2. Jerusalém terá primeiros ônibus 100% elétricos fornecidos pela BYD – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: