São Caetano tem projetos de mobilidade pré-selecionados para receber verbas federais

Terminal de São Caetano é considerado desatualizado, com ônibus urbanos e rodoviários operando juntos

Estação de ônibus no centro, calçadão e ciclovias estão entre as propostas

ADAMO BAZANI

A prefeitura de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, conseguiu dar mais um passo para conseguir verbas federais do Programa Avançar Cidades, o novo PAC.

A cidade teve pré-selecionados três projetos de mobilidade que podem auxiliar os deslocamentos diários da população.

O de maior complexidade é a construção de uma estação de transferência para ônibus no mesmo local onde funciona o atual terminal, ao lado da estação de trens da CPTM. O local é considerado defasado e os ônibus urbanos dividem espaço com os rodoviários.

Não há plataformas diagonais para os rodoviários, mas baias como dos urbanos.

A requalificação do espaço deve custar em torno de R$ 13 milhões.

Também foi pré-selecionado o projeto de novas calçadas no centro e nos bairros Santo Antônio e Santa Paula, com o custo aproximado de R$ 9 milhões.

Já o projeto de ciclovias no centro, Cerâmica, Santo Antônio, Santa Maria e Santa Paula deve custar aproximadamente R$ 8 milhões e também foi pré-selecionado.

São Caetano do Sul foi enquadrado no Grupo 1 (cidades com menos de 250 mil habitantes) do Programa Pró-Transporte, do Avançar Cidades, e  com a pré-seleção, já deve contratar por meio de licitação uma empresa para desenvolver os projetos básico e executivo.

Os juros nominais são de 6%, com mais taxa de risco de 1% e possibilidade de variação de 2% na taxa nominal anual.

O prazo para pagamento é de 20 anos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

3 comentários em São Caetano tem projetos de mobilidade pré-selecionados para receber verbas federais

  1. Causa-me estranheza e perplexidade as incursões de Alkmin pelo ABC, a caça de votos com mais um festival de promessas pré eleitorais que não cumpridas, lembrando que o PSDB está no poder em SP a no mínimo 20 anos, durante este período desde a criação da CPTM, a região só teve perdas, como:
    Desativação da estação Pirelli, Fim dos trens para Santos, Fim dos trens regulares para Paranapiacaba, Fim dos trens regulares para Francisco Morato, Fim dos trens regulares para Barra Funda, Fim do trem expresso Mauá Luz, Fim dos trens regulares para a Luz…

    Mais algumas promessas não cumpridas; Linha 14-Onix, Santo André Guarulhos (Cumbica), Monotrilho Linha 18-Bronze.

    Consta do próprio blog da CPTM (Já do ano de 2013) de que a linha 10-Turquesa possui mais passageiros, mesmo ainda não tendo entrado em operação os monotrilhos
    da Linha 18-Bronze, e Linha 15-Prata com relação a Linha 7-Rubi, a escolhida para permanecer na Luz.

    Com uma possível volta da ligação Campinas, Jundiaí , Francisco Morato até S.Paulo, com os trens suburbanos, o local ideal para instalação da nova estação terminal S.Paulo dos passageiros procedentes da linha 7 Rubi, seria entre a estação da Luz e a estação Júlio Prestes (antiga Sorocabana) da CPTM, no local do antigo moinho no Bom Retiro (Nova estação) que foi transformado em favela e parcialmente demolido recentemente após incêndio, e que possui grande facilidade de infra estrutura pois os trilhos de ambas estações passam paralelas e a modificações poderiam ser feitas com baixo custo, e são tecnicamente possíveis.
    .
    Que incentivo é este ao uso de transporte público em que se tem de fazer múltiplas baldeações, assim como hoje esta acontecendo com os ônibus procedentes do ABC que tem que fazer no terminal Sacoman para prosseguir até o centro de S.P !?

    • Leoni, boa noite.

      Muito bem colocado.

      Mantem-se a super lotação da estação CPTM do Brás e a subutilização da Julio Prestes.

      Perfeita também a sua observação sobre o antigo moinho e atual favela do moinho, daria um ótimo Terminal ferroviário.

      E o pior são os prédios de apartamento que estão sendo construídos na terreno aonde era a antiga rodoviária, bem como a Linha Amarela não ter ser final na Julio Prestes, transformando a Estação da Luz do metro e a ligação bobódromo (metro/CPTM) num inferno.

      Mas infelizmente tá tudo azul, ou melhor PRETO.

      Abçs,

      Att,

      Paulo Gil

  2. Paulo Gil, boa noite.

    Agradeço suas palavras gentis, pois entendo que evitar baldeações frequentes vai beneficiar um número muito maior de pessoas transitando do que estas perfumarias, e note que não é só para São Caetano, mas para toda a linha 10-Turquesa.

    No dia 25/01/2018 fará 5 anos que este governador que quer ser o novo Presidente da República prometeu que faria a estação integradora Metrô ferroviária no Bom Retiro!

    att. Leoni

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: