Contagem e Betim não autorizam reajuste na passagem dos ônibus municipais

Foto: Ricardo Lima/Prefeitura de Contagem

Cidades pertencem à Região Metropolitana de BH. Prefeitura de Contagem afirma em nota que não autorizou aumento por não haver justificativa consistente

ALEXANDRE PELEGI

A Prefeitura de Contagem, cidade da região metropolitana de Belo Horizonte, anunciou nesta sexta-feira (5) que não autorizou o reajuste das tarifas de ônibus solicitado pelas concessionárias que atuam no transporte municipal. Segundo a gestão municipal, as empresas pediram aumento de cerca de 11%, o que elevaria o valor da tarifa dos atuais R$ 4,05 para R$ 4,50. Também nesta semana foi a vez do município de Betim informar que não haverá reajuste na tarifa do transporte público local.

As duas cidades têm juntas mais de um milhão de habitantes.

Em nota divulgada nesta manhã, a prefeitura de Contagem afirmou que “entende que o reajuste da tarifa só é possível com uma planilha detalhada que comprovem os investimentos feitos no transporte público. Como não há justificativa consistente, o aumento não foi autorizado”.

A nota cita que o poder municipal ainda luta na Justiça contra o aumento praticado pelas empresas no início de 2016, na gestão anterior do atual prefeito, Alex de Freitas (PSDB). Na época, o atual prefeito revogou o aumento, reduzindo de R$ 4,05 para R$ 3,70. Em julho de 2017, no entanto, as empresas de ônibus conseguiram, por decisão judicial, retornar o valor da passagem para os atuais R$ 4,05.

Ainda segundo a nota, a Prefeitura lembra que a Justiça pode revogar o último reajuste concedido em Contagem. Logo, não há sentido em majorar uma tarifa que ainda estaria em discussão nos tribunais.

Dois consórcios dividem a operação das 48 linhas de ônibus de Contagem: Consórcio Norte (formado pelas empresas São Gonçalo, Nossa Senhora da Boa Viagem, do grupo Transmoreira; Riacho, do grupo Transimão; e Novo Retiro) e Consórcio Sul (Turilessa, do grupo Saritur; Laguna Auto Ônibus, Transimão e Transvia, do grupo São Gonçalo)

BETIM TAMBÉM SE NEGA A REAJUSTAR TARIFA DOS ÔNIBUS

Na última quarta-feira (3) a prefeitura de Betim comunicou que não haverá aumento na tarifa dos ônibus. O transporte público local é operado pela Viação Santa Edwiges Ltda e por 170 permissionários do Sistema de Transporte Público de Baixa Capacidade (vans).

Tiveram reajuste tarifário apenas as linhas que saem de Betim ou passam pelo município para outras cidades. Estas linhas são de responsabilidade gerencial do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG).

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: