Gilmar Mendes manda soltar Lélis e Barata; juiz manda prender de novo

Jacob Barata Filho sendo conduzido por agentes da Polícia Federal. foto: Wilton Junior/ estadão

Empresário de ônibus e presidente da Fetranspor estão presos desde o início de julho no Rio, alvos da Operação Ponto Final

ALEXANDRE PELEGI

Durou pouco a sensação de liberdade: tão logo o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, concedeu habeas corpus em benefício do empresário Jacob Barata Filho e do ex-presidente da Fetranspor, Lélis Teixeira, o juiz Marcelo Bretas expediu, na sequência, um novo mandado de prisão para os dois.

O juiz é o responsável pela Operação Ponto Final, que havia prendido Barata e Teixeira no início de julho. Bretas já havia determinado, novamente, que Bretas e Teixeira fossem presos preventivamente, mas os mandados foram expedidos na noite de ontem (17).

O colunista Josias de Sousa, do UOL, afirma em seu Blog que o ministro Gilmar Mendes mandou soltar o empresário Jacob Barata Filho com um habeas corpus controverso. “Gilmar é padrinho de casamento da filha de Barata, Beatriz. A moça trocou alianças em 2013 com Francisco Feitosa Filho, que é sobrinho da mulher de Gilmar, Guiomar Feitosa Mendes”.

As novas ordens expedidas pelo juiz federal ocorreram por motivos diversos. Lélis Teixeira teve sua prisão decretada pela segunda vez na semana passada em função de “fatos novos”. O Ministério Público Federal (MPF) o acusa de realizar esquema semelhante no sistema de transporte municipal.

O segundo mandado contra Jacob Barata foi pedido pelo Ministério Público Federal na origem da Operação Ponto Final, deflagrada no dia 3 de julho, dia seguinte à detenção do empresário.

Os novos mandados de prisão não haviam sido expedidos, uma vez que Barata e Lélis já estavam presos. Com o habeas corpus concedido por Gilmar Mendes, o juiz decidiu expedi-los.

Como havíamos noticiado, o empresário Jacob Barata Filho foi preso pela Polícia Federal quando embarcava no aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, para Lisboa, em Portugal. Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2017/07/03/jacob-barata-filho-e-preso-pela-policia-federal-em-aeroporto-no-rio/

 

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transporte

1 Trackback / Pingback

  1. Gilmar vai mandar soltar Barata e Lélis Teixeira. De novo – Diário do Transporte

Deixe uma resposta