TJ revoga decisão que determinava redução de tarifa em Osasco

Empresas descumpriram quase um mês primeira determinação judicial

Com isso valor deve continuar em R$ 4,20. Empresas não seguiram decisão anterior até nova determinação

ADAMO BAZANI

A tarifa de ônibus de Osasco, na Grande São Paulo, deve continuar em R$ 4,20.

As empresas de ônibus Auto Viação Urubupungá e Viação Osasco recorreram de uma decisão de 21 de julho, que determinava a redução de R$ 4,20 para R$ 3,80, o valor antigo, com base em uma ação civil pública que destacava o fato de o aumento não ter sido submetido ao Conselho Municipal de Mobilidade Urbana – Comurb.

De acordo com a nova decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo, o fato de o conselho não ter dado o aval ao valor de R$ 4,20, não significa que houve ilegalidade. Assim, a tarifa não será reduzida.

A primeira decisão determinava multa diária de R$ 50 mil às empresas de ônibus, caso não houvesse respeito à determinação.

Por quase um mês, Urubupungá e Viação Osasco não obedeceram à determinação judicial, disseram no início que não tinham sido notificadas, mas recorreram.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

1 comentário em TJ revoga decisão que determinava redução de tarifa em Osasco

  1. Amigos, bom dia.

    To morrendo de rir, esse é o EFEITO BARSIL.

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Corretíssima a decisão do TJ-SP.

    PREVISIVELLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL

    O Paulo Gil avisa, mas ninguém me ouve.

    Querem andar em buzão novinho com ar condicionado, pagando baratinho.

    Esquece, nem na LUA.

    E depois tem um princípio basilar, o BARSIL é uma país inflacionário culturalmente.

    Pura perda de tempo, sorte dos profissionais que trabalharam para as Viações, vão faturar seus honorários.

    Tanta matéria importante para o TJ-SP julgar e ele é obrigado a perder tempo com questões meramente administrativas.

    ACORDA BARSIL. MUDA BARSIL.

    Att,

    PAulo Gil

Deixe uma resposta