Terceira comissão da Câmara aprova fretados em faixas de ônibus em São Paulo

Segundo vereadores e associações de empresas, fretados ajudam no trânsito

Prefeitura se manifestou contrária ao projeto

ADAMO BAZANI

A comissão da Câmara Municipal, que cuida dos assuntos relacionados ao trânsito e transportes na capital paulista, aprovou projeto de lei 1021/2017, de autoria do vereador Eduardo Tuma, que permite o tráfego de vans, micro-ônibus e ônibus de fretamento nas faixas de ônibus urbanos e metropolitanos, que deixaram de ser exclusivas com a liberação para os táxis desde setembro de 2014.

De acordo com o projeto, os veículos de fretamento são transporte coletivo, apesar de privados, e podem ajudar na diminuição da frota de automóveis particulares, melhorando o trânsito e a poluição no município.

A aprovação vem ao encontro de sugestão de entidades como Fresp e Transfretur, que reúnem empresas de fretamento.

Pela proposta, seriam liberadas vans que transportam a partir de nove pessoas, além de micro-ônibus.

Duas comissões da câmara já aprovaram o projeto de lei, a Comissão de Política Urbana Metropolitana e de Meio Ambiente e a Comissão de Administração Pública.

A tramitação continua na Câmara. Entretanto, de acordo com o parecer desta quarta-feira, 16, a prefeitura já se mostrou contrária à liberação dos veículos fretados nas faixas para ônibus urbanos e metropolitanos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

6 comentários em Terceira comissão da Câmara aprova fretados em faixas de ônibus em São Paulo

  1. Melhor os fretados que os taxis

  2. Amigos, boa noite.

    E o medo da fiscalizadora de ter os Fretadões Lindões, com pituras show e rodas cromadas ao lado dos FEINHOS.

    PREVISÍVELLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL

    Isso vai loooonge.

    Att,

    Paulo Gil

  3. kkkk isso é fato prefiro os fretados bonitoes com suas rodas cromadas e super limpos do que os taxis em corredores e faixas exclusivas !!!!!

  4. Realmente faz mais sentido ônibus que taxi.

  5. Alexandre Antonio Dos Santos // 22 de agosto de 2017 às 08:56 // Responder

    Com certeza afinal estamos falando de um coletivo que leva até 46 passageiros,um veículo longo andar na faixa central principalmente ali na avenida Sumaré até a Oscar Freire um trecho curto , porém congestionado,causa muito transtorno tanto para os carros baixos quanto para as moto …

  6. As pessoas não entendem que um ônibus de fretamento, contém 46, 42, 38, até 50 lugares, ou seja vamos pensar que 30 desses iriam de carro para o trabalho, já diminuiria bem totalmente o trânsito da cidade…

1 Trackback / Pingback

  1. Terceira comissão da Câmara aprova fretados em faixas de ônibus em São Paulo – Ipojucatur

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: