Prefeitura de São Paulo lança consulta pública sobre projetos que incluem concessão de três terminais de ônibus à iniciativa privada

Ônibus com destino ao Terminal Princesa Isabel, um dos terminais que serão concedidos à inciativa privada.

Segundo gestão Doria, custos para manter espaços são de R$ 200 milhões por ano

ADAMO BAZANI

A Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento lançou consulta pública sobre os PIUs – Projetos de Intervenção Urbana dos terminais municipais de ônibus Capelinha, Campo Limpo e Princesa Isabel.

As sugestões poderão ser enviadas por meio do site da Gestão Urbana até o dia 24 de julho.

Os PIUs têm o objetivo de reorganizar as áreas urbanas que hoje são subutilizadas e têm potencial de transformação, inclusive melhorando o acesso ao transporte público, a circulação dos pedestres e também ampliando áreas verdes.

No plano da gestão Dória, a privatização desses três terminais é considerada prioritária.

Na apresentação da consulta pública, a prefeitura diz que hoje esses espaços custam R$ 200 milhões por ano.

A realização dos PIUs Terminal Capelinha, Terminal Campo Limpo e Terminal Princesa Isabel busca, dentre outros fatores, a melhoria da qualidade dos serviços do sistema municipal de transporte público, qualificando o conforto dos usuários e as condições operacionais nos terminais de ônibus operados pela São Paulo Transportes. Além disso, tem o objetivo de reduzir o custeio desses equipamentos, que hoje alcançam o valor de R$ 200 milhões, concedendo-os a agentes privados para operação e exploração econômica.

A concessão de todos os terminais de ônibus para a iniciativa privada está no plano de desestatização da Prefeitura de São Paulo. Ainda na área de transportes por ônibus, também esta no plano conceder à empresas particulares a operação e gestão do Bilhete Único.

No caso dos terminais de ônibus, o objetivo é tornar os espaços de interesse comercial e de prestação de serviços além dos transportes.

Assim deve haver postos no estilo Poupatempo, estabelecimentos comerciais e até mesmo creches, pela proposta de João Doria.

As sugestões nas consultas públicas sobre os terminais Capelinha, Campo Limpo e Princesa Isabel podem ser enviadas pelo site da gestão urbana da Prefeitura de São Paulo:

http://gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

2 comentários em Prefeitura de São Paulo lança consulta pública sobre projetos que incluem concessão de três terminais de ônibus à iniciativa privada

  1. Tem que passar é todos os terminais para a iniciativa privada.

  2. Amigos, boa noite.

    Primeira pergunta basilar.

    Da onde a iniciativa privada vai tirar o lucro para cobrir esses custos.

    Sem essa planilha, seis meses após a assinatura dos contratos estará tudo devolvido e abandona e isso custará o dobro a nós contribuintes.

    Sem essa planilha o TCM já devia glosar de antemão mais essa ideia descabida.

    Qual parte a PMSP não entendeu ?

    Será que temos de desenha ?

    Pagamos muitos impostos e caros em todas as esferas.

    Vocês é que tem de trabalhar e não nós os contribuintes.

    Se tem de fazer façam logo e bem feito, parem de perder tempo.

    PRODUZAM.

    Acorda Sampa.

    Att,

    Paulo Gil

1 Trackback / Pingback

  1. Prefeitura de São Paulo habilita 14 interessados em fazer estudo para privatização de terminais de ônibus – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: