Integração por R$ 1 em terminais do Corredor ABD: Lauro Michels fala em derrota e não vai impedir cobrança

Prefeito de Diadema em janeiro protestando contra cobrança

Informação foi divulgada em primeira mão pelo Diário do Transporte. Cobrança começa domingo nos terminais Diadema, Piraporinha e São Mateus

ADAMO BAZANI

O prefeito de Diadema, Lauro Michels, nas redes sociais lamentou o início da cobrança de R$ 1 para transferência entre ônibus municipais de Diadema para as linhas do Corredor Metropolitano ABD, de ônibus e trólebus, operado pela Metra.

Como informou o Diário do Transporte em primeira mão na manhã desta quarta-feira, 5 de julho de 2017, a cobrança começa no domingo, dia 9 de julho, para os passageiros que estão nas linhas municipais e vão fazer a transferência nos terminais Diadema e Piraporinha, na cidade de Diadema, e das linhas municipais da SPTrans no termoinal São Mateus, na zona leste, da capital paulista.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2017/07/05/integracao-entre-onibus-municipais-e-metra-passara-a-ser-cobrada-nos-terminais-sao-mateus-diadema-e-piraporinha/

Em janeiro, Lauro Michels, chegou com o próprio carro a fechar a entrada do Terminal Diadema protestando contra a integração.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2017/01/05/emtu-vai-ser-reunir-com-prefeito-de-diadema-para-discutir-cobranca-na-integracao-com-o-corredor-abd/

A cobrança de R$ 1 foi garantida em decisão judicial que também autorizou o aumento das tarifas metropolitanas e do valor das integrações entre Metrô e CPTM e ônibus municipais do sistema SPTrans no início do ano.

Com um tom mais comedido do que em janeiro, Lauro Michels, afirmou que a cobrança é uma derrota da população.

“No início do ano travamos uma batalha forte quando fechamos o terminal do centro em manifestação contra o início da cobrança, e com ações jurídicas inclusive, conseguimos suspender a cobrança!

Agora, fomos comunicados que por decisão do Superior Tribunal de Justiça, a cobrança se iniciará no próximo domingo, 09/07. Uma derrota nossa e de toda a nossa população!”

Segundo a resolução publicada, hoje no Diário Oficial, que determina a cobrança, o valor será para cobrir custos a mais de serviços assumidos pela concessionária Metra operadora do corredor.

Para fazer a integração por R$ 1, é necessário ter o Cartão BOM, caso contrário, o passageiro será obrigado a pagar duas tarifas cheias.

A emissão da primeira via do cartão é gratuita.

Confira na íntegra a manifestação do prefeito

Sempre reafirmei meu compromisso em buscar a manutenção da integração gratuita no transporte coletivo de nossa cidade. No início do ano travamos uma batalha forte quando fechamos o terminal do centro em manifestação contra o início da cobrança, e com ações jurídicas inclusive, conseguimos suspender a cobrança!

Agora, fomos comunicados que por decisão do Superior Tribunal de Justiça, a cobrança se iniciará no próximo domingo, 09/07. Uma derrota nossa e de toda a nossa população!

Quero deixar claro que somos contra a cobrança e que Diadema não irá cobrar a integração para quem acessar os ônibus municipais!

Entenda: Se você vier de qualquer bairro em um ônibus municipal e ingressar nos trólebus do corredor Jabaquara-São Matheus haverá a cobrança de R$1,00!

Se você vier do trólebus vindo do Jabaquara por exemplo e ingressar em um ônibus municipal, para ir ao seu bairro, não pagará NADA A MAIS!

Esse é o nosso compromisso, e temos que acatar essa decisão judicial!

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

5 comentários em Integração por R$ 1 em terminais do Corredor ABD: Lauro Michels fala em derrota e não vai impedir cobrança

  1. Diadema não é uma cidade rica como Sap Bernardo, Sto, Andre..esse povo mais humilde sera mais uma vez prejudicado pela Emtlixo, que mais uma vez vai fazendo das suas…..ficou muito caro o deslocamento de diadema para a regiao da avenida Jabaquara até a Av. Paulista, pois tera que pagar 4,50 no Municipal +1,00 da integração +2,30 do metro que quer se deslocar de diadema ate a região do metro Conceição, um percurso de menos de 10 km, quase 8,00 para uma população pobre….isso incentiva o uso do carro partícula, agora seria mais viavel voltar as linhas intermunicipais que ligavam diadema até o jabacura, pois o gasto c!?om passagem seria menor, essas linhas foram extintas na decada de 80, porem com 1 nova tarifação não justifica mais a integração Municipal com a metra….eatamos ferrados com essa Emtlixo mesmo…..e cade a integração metra + metro?

  2. Amigos, boa noite.

    Por isso que o Barsil não vai pra frente.

    Tanta arvore cortada para as folhas judiciais, perda de tempo, para o óbvio.

    Vai cobrar e pronto.

    Gente somos um país inflacionário, num dianta não tem de aumentar.

    Aliás é isso que todos querem, sem isso o Barsil não roda e nunca rodará.

    Sem utopias, afinal:

    “Nem enterro de graça existe”

    Precisava de tanta elucubração mental e jurídica somada ao precioso tempo do judiciário para sentenciar o óbvio ?????????

    Att,

    Paulo Gil
    .

  3. É povo, se mesmo com a copa e olimpíadas a coisa não andou, difícil hein.
    Com a subida das passagens já é de se esperar cada vez + carros e motos nas ruas.
    Mas eu sou otimista e ainda acredito.

  4. é como diz o ditado popular com dinheiro e chicote homem nenhum pode, Deve ter caído dinheiro de todo lado, e calou todo mundo, e o povo mais uma vez se deu mau

  5. EDUARDO TEIXEIRA // 14 de julho de 2017 às 18:18 // Responder

    NA MINHA OPNIÃO SERIA INTERESSANTE READAPTAR O CARTÃO SOU(DIADEMA), OFERECENDO AOS MUNICIPES BENEFICIOS OU DESCONTOS PARA COMPENSAR A COBRANÇA. EXISTES DIVERSAS FORMAS PARA FAZER ISTO… SÓ DEPENDE DA INICIATIVA.

Deixe uma resposta