Passageiro de companhia aérea que usar Linha 13-Jade poderá fazer check-in e despachar malas para Cumbica nas próprias estações da CPTM

O Governador de São Paulofez visita técnica nas obras da Linha 13 Jade da CPTM em Guarulhos. Acompanhou também o içamento de vigas ao longo do trecho elevado. Essa linha ligará a capital ao Aeroporto Internacional de Garulhos. Guarulhos- 29/03/2016 - São Paulo - Foto: Eduardo Saraiva/A2IMG.

Obra está prometida para março de 2018. Presidente da CPTM revelou ideia de instalar totens de check-in na Linha Aeroporto o que permitirá ao passageiro imprimir tíquetes antes de chegar a Guarulhos

ALEXANDRE PELEGI

Se as obras da Linha 13-Jade ainda são uma promessa em andamento, as novidades sobre a integração com o aeroporto começam a ser divulgadas. (Leia também: “Alckmin promete para julho estação que permitirá integração entres linhas 12-Safira e 13-Jade” – https://diariodotransporte.com.br/2017/06/19/alckmin-promete-para-julho-estacao-que-permitira-integracao-entres-linhas-12-safira-e-13-jade/)

A linha da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) estava prometida para 2014. Após sucessivos atrasos, a promessa ficou para março do ano de 2018. Independente disso a novidade revelada ontem pela direção da CPTM é que a ligação por trens com o Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, poderá ter um sistema de despacho de bagagens, o que facilitará o embarque de passageiros. O despacho das malas poderá ser feito ainda na estação de trem, antes do passageiro acessar os terminais aéreos.

Em entrevista coletiva ontem (19), o presidente da CPTM, Paulo Magalhães, informou ainda que a companhia tem feito estudos para instalar totens de check-in das companhias aéreas nas estações. Nesses locais seria possível ao passageiro imprimir as etiquetas de bagagens e, já na Estação Aeroporto da Linha 13, as malas seriam despachadas.

Em visita da direção da CPTM e do governador Geraldo Alckmin (PSDB) às obras da Linha 13, Paulo Magalhães afirmou que o interesse nessa logística é das próprias companhias aéreas, “elas vão aderir”, ele afirmou. Paulo afirmou que, após etiquetar as malas nos tótens localizados nas estações, o passageiro seguirá com a bagagem já etiquetada no trem. Ao chegar à Estação Aeroporto, ele entregará sua mala, seguindo direto para o embarque.

Tanto o presidente da CPTM, quanto o secretário de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, afirmaram que a Linha 13 terá um serviço expresso, com oito saídas diárias, a partir da Estação Brás, com trajeto direto (sem paradas), em tempo estimado em 30 minutos.

Quanto à localização dos totens de check-in, a CPTM estuda se eles ficarão no Brás ou na Luz, que também poderia ser ponto de partida de acesso ao aeroporto de Guarulhos. Os estudos foram conformados pela concessionária GRU Airport, que administra o aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes