Suzantur assina primeiro contrato do país do Refrota com a Caixa e vai comprar ônibus para Mauá

Proprietário da Suzantur, Claudinei Brogliato (ao centro da mesa) e diretores da Caixa Econômica: 100 novos ônibus para o ABC.

Serão R$ R$ 30,3 milhões para cerca de 100 veículos

ADAMO BAZANI

O primeiro contrato do País para renovação de frota de ônibus no âmbito do Refrota-17 finalmente foi assinado nesta segunda-feira, 12 de junho de 2017, depois de mais de seis meses do primeiro anúncio oficial do programa que conta com recursos do FGTS, em dezembro do ano passado.

O contrato é entre a Caixa Econômica Federal, operadora do financiamento, e a empresa Suzantur que atua em Mauá, Santo André, no ABC Paulista, e São Carlos, no interior de São Paulo.

Os investimentos são de R$ 30,3 milhões, sendo R$ 28,7 milhões financiados e R$ 1,5 milhão de contrapartida da empresa.

O dinheiro será usado para comprar cerca de 100 ônibus para as operações no ABC Paulista.

O proprietário da Suzantur, Claudinei Blogliato, diz que a renovação vai baixar a idade da frota e deixará a manutenção mais barata, já que ônibus novos tendem a dar menos problemas.

“Esse contrato é muito importante porque vai renovar aproximadamente 100 ônibus, o que corresponde a mais de 30% da nossa frota de 300 ônibus, com idade média de 2 a 3 anos, consequentemente cai a taxa de manutenção dos veículos e também vai dar mais qualidade e conforto aos nossos passageiros” – disse por meio de nota da assessoria de imprensa da Caixa.

Além do empresário, a cerimônia de assinatura contou com a participação do superintendente executivo da Superintendência de Grandes Empresas (SGE), Mário Augusto Pereira de Oliveira Junior, e da superintendente regional da Penha, Claudia Ramos de Oliveira Santos.

A linha de crédito, cujo nome oficial é Programa de Insfraestrutura de Transporte e Mobilidade Urbana (modalidade Pró-Transporte), tem a Caixa como agente financeiro e teve de passar por adequações, antes de finalmente sair do papel. Por exemplo, de início havia a exigência de seguro do bem financiado, o que é impossível no caso de ônibus urbanos.

A superintendente Cláudia identificou com essa operação uma grande oportunidade para estreitar o relacionamento com a empresa e aumentar ainda mais o leque de produtos. Já o superintendente Mário Augusto afirmou que os mais de R$ 28,7 milhões investidos pela Caixa nessa primeira operação inaugura uma nova fase de reaquecimento do setor de transportes no Brasil, ainda de acordo com o comunicado enviado ao Diário do Transporte.

Ainda na nota, a Caixa explica o que é o Refrota e os principais objetivos

Por meio do Refrota, a Caixa, na qualidade de Agente Financeiro do FGTS, cumpre a missão de principal agente de políticas públicas do País, ao promover a melhoria da qualidade de vida da população brasileira mediante o financiamento de veículos com melhor desempenho, colaborando assim, com para a mobilidade urbana. Essa linha é direcionada especialmente às empresas detentoras de contrato de concessão ou de contrato de permissão, bem como às empresas operadoras integrantes do consórcio que operem o sistema de transporte público.

 Trata-se de uma linha de crédito de R$ 3 bilhões para a renovação da frota de ônibus por operadoras do setor. Com duração até o próximo ano e previsão de poder atender até a substituição de dez mil ônibus, a linha é apoiada pelos recebíveis do sistema de bilhetagem eletrônica dos veículos, presente hoje em 85% dos municípios acima de 100 mil habitantes do país. Com taxas atrativa de juros de 9% a.a. acrescido da Taxa Referencial, a empresa que pleitear esse tipo de financiamento deverá ter como garantias principais: alienação fiduciária de frota financiadas, cessão fiduciária de recebíveis e fiança.

 “Queremos ser uma fonte perene para o segmento, entramos de corpo e alma no Programa Refrota, com o uso dos recebíveis, o que fechou a equação financeira para a viabilização da iniciativa”, afirma Roberto Derziê, vice-presidente de governo da Caixa. O objetivo é modernizar 10% da frota nacional estimada em 107 mil unidades, incentivando a melhoria do transporte público coletivo.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

4 comentários em Suzantur assina primeiro contrato do país do Refrota com a Caixa e vai comprar ônibus para Mauá

  1. Amigos, boa noite.

    E mais uma vez os contribuintes pagam a conta, face ao uso do FGTS de todos nós bem como em cima da baixa remuneração com o verdadeiro credor e dono do FGTS, os trabalhadores contribuintes.

    Assim até eu compro um Volare da BYD.

    Muda Barsil.

    Att,

    Paulo Gil

  2. Isaias Marcos da Silva // 13 de junho de 2017 às 09:56 // Responder

    Será que finalmente vão cumprir o que está na licitação?

  3. Dinheiro nosso para uso particular de empresários comparsas de políticos bandidos.

  4. Vou fazer um teste. Vou, agora mesmo, elaborar documento à Viação Osasco, propondo a aquisição de veículos maiores para as linhas mais demandadas. Se esse Refrota realmente funciona, saberemos lá na frente. Querem saber dos desdobramentos? Acompanhe minha página: https://www.facebook.com/AndaOsasco,/. Sempre posto algo relevante por alí.

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Mauá deve começar a receber os 100 novos ônibus do Refrota em até quatro meses – Diário do Transporte
  2. Após primeira liberação de recursos, fabricantes começam a ter esperança no Refrota – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: