Greve de ônibus em Ribeirão Preto é descartada e funcionamento do transporte deve ser normal

Motoristas e cobradores aceitaram proposta das empresas de ônibus de reajuste de 4,5%

ADAMO BAZANI

Motoristas e cobradores de ônibus de Ribeirão Preto e região entraram em acordo com os empresários e descartaram a greve anunciada para esta quarta-feira, 31 de maio de 2017.

O Sindicato dos Empregados em Empresas de Transporte Urbano e Suburbano de Passageiros de Ribeirão Preto e Região – Seeturp realizou duas assembleias na quais os trabalhadores aceitaram as propostas do Consórcio PróUrbando, que reúne as empresas, de aumento salarial de 4,5%; 5% de reajuste no vale-alimentação e 5% no plano de participação dos lucros.

Para o sindicato, diante da crise econômica, o acordo foi positivo. A entidade citou exemplos de cidades cujos reajustes salariais dos trabalhadores em transportes foram de 4%, como na capital paulista.

Diante do reajuste salarial, as empresas discutem subir o valor das passagens em Ribeirão Preto, que deve ser revisto em julho, conforme contrato de concessão.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: