Atende é ampliado com 100 táxis acessíveis

Publicado em: 11 de maio de 2017

Atendimento a portadores de limitações mais graves completou 21 anos neste mês e é referência nacional em serviços

ADAMO BAZANI

O serviço Atende, destinado a pessoas com deficiência de alto grau de severidade e dependência, autistas e surdocegas, recebeu 100 táxis acessíveis pretos.

Tradicionalmente, o Serviço de Atendimento Especial era operado majoritariamente por vans, que continuam nesse sistema. No entanto, com os 100 carros modelos Chevrolet Spin, adaptados com rampas e identificados com a logomarca do Atende, mais pessoas podem ser beneficiadas e de uma forma diferenciada.

De acordo com a SPTrans, gerenciadora dos transportes na Capital Paulista, foi assinado um “termo de credenciamento” no mês de março com a cooperativa de taxistas Cooper TPA para a prestação de serviços.

Os motoristas foram treinados e capacitados em curso que trouxe informações sobre os conceitos relacionados à deficiência e orientaram sobre os cuidados e a postura necessária para com esses passageiros. As operações estão em fase inicial e todas as viagens são monitoradas pela SPTrans.  Os passageiros são convidados a responder uma pesquisa na qual podem comentar e avaliar o serviço.

O Atende completou nesse mês de maio, 21 anos e é prestado a moradores da cidade cadastrados no sistema. As viagens são pré-agendadas e há possibilidade, inclusive, de contar com serviços para frequentar atividades culturais. Em nota, a SPTrans informa como funciona o Atende que já recebeu premiações pela iniciativa e qualidade de atendimento:

O atendimento, porta a porta, é prestado para clientes cadastrados e segue uma programação pré-agendada de viagens, quer seja para os atendimentos regulares, eventos aos fins de semana e viagens eventuais. Além do atendimento regular (até seis viagens de ida e volta por semana para escola, trabalho ou tratamentos contínuos), o usuário pode agendar uma viagem eventual por mês para consulta ou exame. Já os atendimentos aos fins de semana, focados em atividades culturais e de lazer, são agendados diretamente pelas instituições que trabalham com pessoas com deficiência.

Criado em 1996, o Atende é oferecido pela Prefeitura de São Paulo, gerenciado pela SPTrans e gratuito aos seus usuários. Além dos cem novos táxis pretos, atualmente o sistema conta com 388 vans adaptadas com elevadores. O atendimento é disponibilizado para cerca de cinco mil usuários cadastrados e, no ano passado, foram realizadas uma média de 75.500 viagens por mês. Para usar o serviço, o usuário precisa se cadastrar nos Postos de Atendimento da SPTrans (www.sptrans.com.br).

 Nos últimos cinco anos, o Atende foi premiado de forma consecutiva na categoria “Reabilitação de Pessoas com Deficiência” do Prêmio Marca Brasil, dedicado às empresas reconhecidas pela excelência em seus negócios e serviços.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    O Diário devia aprofundar mais esta matéria na questão do “Termo de Credenciamento”.

    Isto foi amplamente divulgado ?

    Aberto a todos os interessados ??

    É para autônomos ??

    Quais os critérios de seleção e aprovação ??

    Porque a foi firmado com a Cooper TPA ??

    Não houve licitação ??

    Por que as empresas do buzão que já prestam o serviço do Atende estão foram desta ??

    Reflitam!

    Att,

    Paulo Gil

  2. Aníbal disse:

    E isso aí os táxis acessíveis ficaram dois anos prestando serviços pro atende e hj ninguém fala das doblo so e muito injusto fico indignado com isso prestei um serviço de exelencia e hj não tenho nenhum reconhecimento ……obrigado pela consideração

  3. Sandra Maria do Nascimento disse:

    Olá Boa tarde adorei saber desse serviço , porém não sabia , tenho uma filha portadora deficiência e paralisia cerebral
    Gostaria de estar utilizando esse serviço

Deixe uma resposta