Alckmin assina contrato com a Caixa para financiar obras de mobilidade em cidades do estado

O Governadpr de São Paulo, ASSINA CONTRATO ENTRE A DESENVOLVE SP E A CAIXA, PARA FINANCIAMENTO DE PROJETOS, EM MUNICÍPOS PAULISTAS, DENTRO DO PROGRAMA PRÓ-TRANSPORTE (Infraestrutura e Mobilidade Urbana). Data: 09/05/2017. Local: São Paulo/SP. Foto: Gilberto Marques/A2img

Parte do Programa Pró-Transporte, do Governo Federal, contrato foi firmado entre a CEF e a Desenvolve SP, agência de desenvolvimento do estado; valor é de R$ 165 milhões

ALEXANDRE PELEGI

Caixa Econômica Federal e governo de São Paulo assinaram esta semana (dia 9 de maio) um contrato de destinação de R$ 165 milhões para obras de transporte público ou mobilidade para cidades do estado.

Parte do Programa Pró-Transporte, o contrato foi firmado entre a Caixa e a Desenvolve SP, agência de desenvolvimento de São Paulo. Pela Caixa Econômica Federal assinou o contrato o presidente da instituição, Gilberto Occhi, seguido pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Na primeira etapa do programa dez municípios paulistas receberão financiamento para investimento em mobilidade urbana. Dentre as possíveis ações, será possível ampliar ou modernizar os sistemas de transporte público coletivo, além de pavimentar ruas e rodovias, melhorar a sinalização, como também implantar ciclovias.

A linha de crédito Pró-Transporte terá taxas de 9% ao ano e o prazo de pagamento será de até seis anos, com um ano de carência. O governador afirmou na solenidade que hoje o grande desafio das cidades é a mobilidade. “Portanto, esse dinheiro será muito bem aplicado. É um investimento que gera bastante emprego e movimenta a máquina”, disse Alckmin.

As prefeituras interessadas na linha de crédito deverão encaminhar carta-consulta para a Desenvolve SP, junto com a documentação para a avaliação técnica e de crédito. O processo seletivo será feito pelo Ministério das Cidades, onde as prefeituras também precisarão se cadastrar. Posteriormente o financiamento precisará ser aprovado pela Câmara Municipal, quando então a documentação seguirá para a Secretaria do Tesouro Nacional, que avaliará a capacidade de endividamento do município.

Após todas estas etapas, a agência Desenvolve SP providenciará a assinatura do contrato com a prefeitura.

Lista dos primeiros financiamentos do Programa Pró-Transporte

Atibaia: Duplicação e modernização da Avenida Jerônimo de Camargo, com implantação de passagem elevada, rotatórias, ciclovia e acessibilidade às rodovias Dom Pedro I e Fernão Dias.

Bebedouro: Pavimentação de diversas ruas, com implantação de vias para pedestres e sistemas de microdrenagem, iluminação, acessibilidade, melhorando o sistema de trânsito e acesso.

Fernandópolis: Pavimentação de vias com adequação do plano de trânsito e implantação de sistema viário priorizando os pedestres.

Itapira: Pavimentação de trecho da Rod. SP-147, ruas dos conjuntos habitacionais e construção de ponte sobre o Ribeirão da Penha.

Ribeirão Preto: Pavimentação de vias, sinalização viária, construção de ciclovias e acessibilidade para pedestres.

Tatuí: Pavimentação de diversas ruas, adequação viária, implantação de guias e sarjetas com vias à acessibilidade.

Jundiaí: Construção do viaduto Valquíria, criando sistema de alças de acesso à Marginal Sul da Rodovia Anhanguera, construção da Av. Córrego das Valquírias e implantação do sistema viário Vila Comercial.

Suzano: Pavimentação, sinalização viária, calçamento para pedestres, iluminação e sistema de microdrenagem da Av. Mario Covas Jr, que faz ligação entre as Rodovias SP-031 e SP-066.

Sertãozinho: Pavimentação de vias com implantação de calçadas, iluminação, sistema de drenagem e sinalização viária.

Alexandre Pelegi – jornalista especializado em transportes