Greve Geral – Confira as atualizações de como estão as paralisações de ônibus, metrô e trem

Atualize clicando F5 ou no símbolo do site Diário do Transporte

Manifestações impedem serviços dos transportes públicos

Após “greve geral”, transportes funcionam normalmente neste sábado em São Paulo e região metropolitana

https://diariodotransporte.com.br/2017/04/29/apos-greve-geral-transportes-funcionam-normalmente-neste-sabado-em-sao-paulo-e-regiao-metropolitana/

21h34 ABC: Em Santo André, operam apenas as empresas Suzantur (todas as linhas – TR 101, TR 103, TR 141 111, 112, 113, 114, 115, 117, 119, 125, 127, 129, 133 e 135), EUSA  (B13, B19, S36) e Viação Vaz ( I03, B63, B51)

https://diariodotransporte.com.br/

21h28: Linhas da CPTM, do Metrô e monotrilho continuam com operações parciais. Confira

Metrô – 1 – Azul entre Saúde e Luz com exceção de Sé, que permanece fechada, 2- Verde  entre Ana Rosa e Vila Madalena, 3 Vermelha – toda parada, 4- Amarela funcionamento normal, 5- Lilás – funcionamento normal

CPTM – 7 Rubi entre Luz e Pirituba, 8 entre Júlio Prestes e Comandante Sampaio, 9 Esmeralda entre Pinheiros e Jurubatuba, 10 Turquesa entre Tamanduateí e Brás, 11 Coral entre Luz e Tatuapé, 12 Safira entre USP Leste e Brás

Monotrilho 15- Prata: parada

https://diariodotransporte.com.br/

19h45 Ônibus Metropolitanos da EMTU operam parcialmente. Confira como está cada região agora:

https://diariodotransporte.com.br/

O Consórcio Intervias (Área 1) abrange os municípios de Embu Guaçu, Embu das Artes, Itapecerica da Serra, entre outros. Das três empresas que compõem o consórcio, duas estão totalmente paradas. O Intervias opera 95 linhas e transporta diariamente cerca de 350 mil usuários por dia

O Consórcio Anhanguera (Área 2) abrange a região de Osasco, Barueri, Carapicuíba, Francisco Morato, entre outros, e das oito empresas que compõem o consórcio,  duas estão totalmente paralisadas. Este Consórcio opera 48 linhas e transporta 450 mil passageiros por dia.

O Consórcio Internorte (Área 3) opera na região de Guarulhos, Arujá, Santa Isabel, Mairiporã com 11 empresas. Deste total, sete estão totalmente paralisadas, duas operam parcialmente e duas operam normalmente. Este consórcio é responsável pela operação de 128 linhas e transporta diariamente cerca 260 mil usuários.

O Consórcio Unileste (Área 4) atua na região do Alto Tietê, em cidades como Suzano, Mogi das Cruzes, Ferraz de Vasconcelos, entre outras, e é composto por três empresas. Viação Jacareí e Viação Pássaro Marrom estão operando normalmente. A Radial está operando apenas as linhas que não se destinam à capital. A frota do Consórcio possui 57 linhas que transportam diariamente cerca de 100 mil usuários.

Área 5 – região do ABC

Das 16 permissionárias que operam nas cidades do ABC paulista oito estão totalmente paralisadas, seis estão operando parcialmente e duas estão operando normalmente. As empresas operam 100 linhas e transportam diariamente em torno de 270 mil usuários.

As 12 linhas da  Concessionária Metra que operam o Corredor Metropolitano ABD (São Mateus – Jabaquara) iniciaram a saída da garagem às 13h com apoio do policiamento. Elas transportam em torno de 270 mil passageiros por dia com uma frota de cerca de 260 ônibus e trólebus. Mas por volta das 19h30, por questões de segurança, empresa optou por recolher a frota

19h30 ABC: A Metra, do Corredor ABD, por questões de segurança está recolhendo os ônibus e trólebus nesta noite. Os veículos chegaram a operar, mas houve ameaças.

Home

19h19: Linhas da CPTM, do Metrô e monotrilho continuam com operações parciais. Confira

Metrô – 1 – Azul entre Saúde e Luz com exceção de Sé, que permanece fechada, 2- Verde  entre Ana Rosa e Vila Madalena, 3 Vermelha – toda parada, 4- Amarela funcionamento normal, 5- Lilás – funcionamento normal

CPTM – 7 Rubi entre Luz e Pirituba, 8 Diamante entre Barra Funda e Osasco, 9 Esmeralda entre Pinheiros e Jurubatuba, 10 Turquesa entre Tamanduateí e Brás, 11 Coral entre Luz e Tatuapé, 12 Safira entre USP Leste e Brás

Monotrilho 15- Prata: parada

18h25 SPTrans:

512ae142-58f5-4829-a236-5db54f272ba9

Os ônibus municipais de linhas estruturais da capital paulista continuam parados.  Algumas empresas cogitaram colocar os veículos nas ruas, mas trabalhadores tiveram medo de ataques e represálias no percurso. Pouco mais de cinco mil veículos do sistema local – ex-cooperativas estão no sistema. Os terminais de ônibus, pela ausência dos veículos maiores, estão vazios, como o terminal Bandeira

https://diariodotransporte.com.br/

18h10: Linhas da CPTM, do Metrô e monotrilho continuam com operações parciais. Confira

Metrô – 1 – Azul entre Saúde e Luz com exceção de Sé, que permanece fechada, 2- Verde  entre Ana Rosa e Vila Madalena, 3 Vermelha – toda parada, 4- Amarela funcionamento normal, 5- Lilás – funcionamento normal

CPTM – 7 Rubi entre Luz e Pirituba, 8 Diamante entre Barra Funda e Osasco, 9 Esmeralda entre Pinheiros e Jurubatuba, 10 Turquesa entre Tamanduateí e Brás, 11 Coral entre Luz e Tatuapé, 12 Safira entre USP Leste e Brás

Monotrilho 15- Prata: parada

18h00 – Guarulhos: Os ônibus municipais e metropolitanos em Guarulhos, na grande São Paulo, continuam sem operação, de acordo com a Guarupass, associação que reúne as empresas, que em nota contestou a paralisação “A Guarupass lamenta a paralisação promovida pelo Sincoverg (Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de Passageiros, Urbano, Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias).  A paralisação, iniciada à meia-noite desta sexta-feira (28/4), é motivada por questões que tramitam na esfera federal, como a Reforma da Previdência e a Reforma Trabalhista, e estão além das possibilidades de negociação da entidade e dos órgãos municipais competentes.”

https://diariodotransporte.com.br/

17h04 – SPTrans:

18195310_1769047829775888_793681862_o

Todos os ônibus do sistema estrutural da capital paulista estão parados. Já os veículos do sistema local (ex cooperativas) operam parcialmente. Às 17h00 eram cerca de 5,5 mil ônibus nas ruas e em terminais, sendo que a frota total é de 14.700 veículos. O prefeito de São Paulo João Doria afirmou que vai cobrar multa de R$ 500 mil determinada pela justiça ao Sindmotoristas – Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus. A 9ª Vara do TJ determinou circulação de 80% dos veículos em linhas de hospitais, 60% nos horários de pico e 40% nas demais horas. Na entrevista, Doria afirmou novamente que os grevistas são “preguiçosos e vagabundos”

Veja mais:

https://diariodotransporte.com.br/

16h45: Linhas da CPTM, do Metrô e monotrilho continuam com operações parciais. Confira

Metrô – 1 – Azul entre Saúde e Luz com exceção de Sé, que permanece fechada, 2- Verde  entre Ana Rosa e Vila Madalena, 3 Vermelha – toda parada, 4- Amarela funcionamento normal, 5- Lilás – funcionamento normal

CPTM – 7 Rubi entre Luz e Pirituba, 8 Diamante entre Barra Funda e Osasco, 9 Esmeralda entre Pinheiros e Jurubatuba, 10 Turquesa entre Tamanduateí e Brás, 11 Coral entre Luz e Tatuapé, 12 Safira entre USP Leste e Brás

Monotrilho 15- Prata: parada

16h25 – Litoral: Ônibus municipal de Santos queimado por volta das 15h. O veículo que estava na Avenida Penedo, em São Vicente, e foi atacado por um grupo de criminosos. A Polícia ainda não soube precisar os motivos do ataque e se há ligação com a greve. Agora, os ônibus estão em operação no Litoral

https://diariodotransporte.com.br/

18156786_1301951099887015_6642135482927825952_o

16h04 ABC:  Viação Talismã, de Rio Grande da Serra, no ABC diz que já opera com escalas de domingo

https://diariodotransporte.com.br/

15h45 Litoral: Praia Grande operando com 65% da frota.

15h33 João Pessoa ficou com o transporte coletivo parado até às 14:00h quando voltou a circular com escala de domingo/feriado

15h28 ABC: A partir de São Bernardo, voltam aos poucos os ônibus da Viação Riacho Grande nas linhas 050, 359, 439, 152 e 153

https://diariodotransporte.com.br/

15h23 – ABC:  EAOSA e Viação Ribeirão Pires informam que estão liberando os veículos em Ribeirão Pires e Mauá atendendo até Santo André, São Caetano e Sacomã

15h12- ABC – Viação Vaz, de Santo André, informa que está colocando aos poucos os ônibus nas ruas. As demais empresas da cidade também devem voltar a operar

15h00 Ônibus São Paulo: Na capital paulista neste momento estão em circulação 3470 ônibus e 1163 parados em terminais. A frota total é de 14700 ônibus. Os dados são do aplicativo Scipopulis, – http://www.scipopulis.com/  que usa como base o monitoramento da SPTrans.  A frota em circulação é das ex-cooperativas.

b20efdcc-c2eb-4c01-bcb4-873b19600f19

14h50: A concessionária Metra, do Corredor Metropolitano ABD, informou que todas as linhas estão voltando em operação gradativamente e o objetivo é normalização até o início da noite

14h00 – ABC: Em São Bernardo do Campo, concessionária SBCTrans libera os ônibus como se fosse frota de domingo. Metra e Suzantur com ônibus nas ruas

13h30 -ABC: Metra libera os dez primeiros ônibus para o Corredor ABD. Linhas 285, 287 e 288

https://diariodotransporte.com.br/

13h20 ABC- Ônibus da Suzantur em Mauá e Santo André se preparam para deixar as garagens em alguns minutos. Metra também deve se preparar para voltar a funcionar no corredor ABD

https://diariodotransporte.com.br/

suzantur-greve

12h:07 – GOIÁS: no início da manhã os ônibus do Eixo Anhanguera não saíram da garagem da Metrobus, na Vila Regina. Mas os ônibus deverão voltar a circular em breve, segundo a Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC). Houve uma reunião ainda pela manhã em que, por votação, decidiram retomar as atividades. Os ônibus da linha Eixo Anhanguera servem como rota de integração entre os terminais, saindo do Padre Pelágio e indo até o Novo Mundo. Os demais ônibus da companhia circulam normalmente. Em Catalão, no sudeste do Estado: registro também de paralisação do transporte coletivo que roda na cidade. Região do Entorno: ônibus que seguem para Brasília não circularam nesta manhã. Não houve registro de bloqueio nas estradas goianas, apenas nos trechos do Distrito Federal.

12h31- Ônibus SPTrans: Dos aproximadamente 14.700 ônibus que existem na frota da capital paulista, estão em operação nesse momento 3.289 e nos terminais, 1207. Todos de empresas locais (ex-cooperativas). Os dados são do aplicativo Scipopulis  – http://www.scipopulis.com/ com base no monitoramento da SPTrans.

d8953581-2db8-4a8a-9d66-0a047c636811

12h10 – CPTM/Metrô: CPTM opera parcialmente nos seguintes trechos das linhas 7 – Pirituba/Barra Funda; 8  – Osasco/Barra Funda ; 9 – Santo Amaro/Jurubatuba ; 10 Brás/Tamanduateí; 11 – Tatuapé/Luz; 12 – USP Leste/Brás. Já no Metrô, as operações são parciais nas linhas 1 – Ana Rosa/Luz , 2 – Ana Rosa/Clínicas e linhas 4 e 5 operam normalmente. Linha 3-Vermelha totalmente parada e linha 15 do monotrilho também sem operações.

11h50: Litoral: Ôniubs em Santos e no Guarujá retomaram as atividades. VLT – Veículo Leve sobre Trilhos do litoral também  volta a funcionar após acordo com o trabalhadores

11h40 – ABC: O cerca de 10 ônibus municipais de SBCTrans,em São Bernardo do Campo, que circulam precisam de escolta da GCM – guarda civil municipal. Sindicato levou o carro de som para bloquear a saída dos ônibus na garagem

11h00 – Ônibus na Grande São Paulo, intermunicipais da emtu, operam da seguinte maneira. No Consórcio Anhanguera (Osasco e municípios vizinhos), estão paralisadas as linhas da Benfica e Ralip. As demais empresas operam normalmente. No Consórcio Internorte (Guarulhos e Região) estão paralisadas as linhas das empresas Atual, Vila Galvão, Trandutra, Guarulhos, Arujá, Real, TipBus e Util. Já as linhas da Serveng, Pássaro SP, operações normais e parcial em Mairiporã. Consórcio Intervias (Taboão da Serra e vizinhos), empresas Miracatiba e Raposo Tavares parcialmente. Viação Pirajuçara normalizada. Na área 4, região de Mogi das Cruzes  empresas Jacareí, Pássaro e RTOs operam e Radial Parada. No ABC (área 5), todas as empresas paradas.

10h40 CPTM . Segundo a empresa, as operações parciais são nos seguintes trechos: 8 Diamante: Barra Funda – Osasco / 9 Esmeralda:  Osasco – Jurubatuba / 10 Turquesa: Tamanduateí – Brás

10h25: Linha 2 Verde do Metrô – operação parcial no trecho entre Paraíso e Clínicas;

10h24 – Curitiba e região. Todos ônibus parados, mas Justiça Trabalhista determina  frota mínima de 50% (cinquenta por cento) para os horários de pico (entre 5h e 9h e entre 17h e 20h) e  40% (quarenta por cento) nos demais horários, na área de atuação, e estabeleceu multa diária pelo descumprimento, de R$ 100 mil ao Sindimoc

10h00 – SBCTrans, do transporte municipal de São Bernado do Campo, informou que colocou em circulação os dez primeiros ônibus. A frota total é de cerca de 300 coletivos

09h52: Linha 10 Turquesa: Operações da linha 10-Turquesa foram estendidas até Estação Luz. Assim, o trecho parcial em funcionamento é entre as estações Tamanduateí, passando por Brás (habitualmente o final) e indo até a Luz

09h50: Linha 12 CPTM com operação parcial entre USP Leste e Brás

09h23: Linha 11 Coral da CPTM operando parcialmente entre Tatuapé e Luz, segundo empresa

09h20 – Linha 5 Lilás Metrô: A circulação na linha 5-Lilás está retomada, com exceção da estação Giovanni Gronchi

09h19 –  CPTM: Linha 9-Esmeralda – os trens iniciaram operação entre as estações Santo Amaro e Pinheiros.

09h15 Metrô SP: A circulação de trens voltou na linha 1-Azul no trecho da estação PARAÍSO até a estação LUZ, exceto estação SÉ, segundo o Metrô.

09h01 CPTM: Linha 8-diamante da CPTM deve voltar a funcionar parcialmente , o que ainda não ocorreu segundo Governo do Estado porque foram jogados objetos nos trilhos prejudicando o retorno

09h00: Cuiabá: Garagens de ônibus estão bloqueadas e serviços não operam 250 mil passageiros devem ficar sem transporte na capital

08h53: Em Campinas, no interior de São Paulo , os ônibus municipais estão parados e os ônibus intermunicipais da região também não operam.

08h37 – ABC : A Metra, concessionária do Corredor Metropolitano ABD, informou que não está operando. Sindicalistas fazem piquetes na frente da garagem em São Bernardo do Campo . Os veículos estão prontos para os serviços, mas impossibilitados de sair de acordo com a companhia

08h21: CPTM – Linha 10-Turquesa da CPTM volta a funcionar parcialmente entre as estações Brás e Tamanduateí

8h20: São José dos Campos: Ônibus ainda totalmente parados

8h15 – Recife:  Não há serviços de ônibus na Grande Recife na manhã desta sexta-feira, 28 de abril de 2017

08h00 – ABC: Ônibus de fretamento da Bozzato é atingido por pedra no início da madrugada enquanto trafegava pelo Zaíra, em Mauá. Ninguém ficou ferido, mas veículo teve de ser recolhido

6d07aab5-4531-4830-ab12-f4c718e52f06

07h49: -Interior de São Paulo: Ônibus em Campinas, Sorocaba, São Carlos e Jundiaí também estão com funcionamento prejudicado. Os veículos não saíram das garagens integralmente até o momento

07h40 – Rio de Janeiro: Ônibus funcionam, no entanto, de acordo com o Consórcio BRT Rio, onze ônibus foram depredados em Vicente de Carvalho e Vaz Lobo. Nesta madrugada, o corredor Transcarioca chegou a ser interrompido, mas voltou a funcionar gradualmente a partir das 5h20. Ás 5h40, o Corredor Trtansoeste foi interditado por manifestantes e os intervalos são maiores que o normal.

07h30 – São Paulo: secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, diz que a partir das 8h00 podem ser iniciados parcialmente os trabalhos nas linhas 8 e 9 da CPTM e linha 5 Lilás do Metrô

6h54 João Pessoa:  Ônibus de João Pessoa e região metropolitana estão parados no início desta manhã. Funcionários da CBTU  -Companhia Brasileira de Trens Urbanos também não foram ao trabalho

6h50 Francisco Morato:  ônibus da Moratense, em Francisco Morato, ainda sem circulação

6h45 São Paulo:  Terminais Bandeira Sacomã, Cachoeirinha, Barra Funda e Pinheiros são alguns que estão sem circulação interna de ônibus. Apenas o micro-ônibs e ônibus das ex cooperativas trafegam no entorno

6h40 Maceió: Em Maceió, motoristas e cobradores de ônibus não colocaram os veículos em circulação até o momento

6h24 ABC:  Em torno de 200 pessoas fazem manifestação e bloqueiam a saída dos ônibus da SBC, que opera todo sistema municipal em São Bernardo do Campo.

be60de43-ea49-4fd0-951b-31bed5d50700 (1)

6h20 – Santos: Ônibus do litoral paulista também sem circulação no início desta manhã

6h15 – Salvador e Região: Ônibus sem funcionar em Salvador e região, mas metrô operando normalmente

6h11 – São Paulo e ABC: Ônibus municipais do sistema estrutural sem funcionar; locais das ex-cooperativas operando Todas as linhas do metrô e da CPTM paradas com exceção da linha 4. Ônibus no ABC parados.

6h10 – São José dos Campos: até o momento os ônibus da cidade da região não saíram Para prestação de serviços

6h02 – Curitiba e região metropolitana : Sem ônibus em circulação. Nos portões das empresas Leblon e Nobel, em Fazenda Rio Grande, um ônibus foi colocado para impedir a saída dos demais coletivos.

6h00 – Distrito Federal: sem ônibus e metrô até o momento.

5h52 Osasco e região: Urubupungá e Viação Osasco na região metropolitana de São Paulo colocam os primeiros ônibus em circulação

5h50 BH: Metrô em Belo Horizonte e região até o momento paralisado alguns ônibus em circulação

5h42 Rio:  Barcas no Rio de Janeiro região metropolitana como em Niterói ainda não estão em funcionamento

5h40  São Paulo: Ônibus e micro-ônibus do subsistema local, ex cooperativas estão em circulação, como  nas regiões do terminal Itaquera, na Zona Leste, terminal Santana na Zona Norte

5h35-  Ônibus municipais e intermunicipais no ABC, Guarulhos Osasco e região estão parados. Todas as linhas do Metrô e da CPTM também sem funcionamento. Apenas operação na linha 4-Amarela do Metrô

5h28 – Porto Alegre e região: Sem metrô da rede Transurb e sem ônibus

5h22 -ABC:  Ônibus da Suzantur, em Mauá, EAOSA e Viação Ribeirão Pires não saíram das garagens

5h20: -Rio de Janeiro:  Ônibus no Rio de Janeiro estão circulando parcialmente até o momento

05h11 – ABC:  Metra, operadora do Corredor Metropolitano ABD, informa que até o momento os ônibus não estão em circulação. Há piquetes nas proximidades da garagem em São Bernardo do Campo impedindo a saída dos veículos

05h07 – São Paulo:  Ônibus das empresas de linhas estruturais na capital paulista não estão operando. A Viação Tupi, na zona sul de São Paulo, por exemplo, informou que operou as linhas noturnas, mas foi parada por sindicalistas que impedem a saída dos veículos no início desta manhã.

05h04 – São Paulo:  Nenhuma das seis linhas da CPTM está funcionando e todas as linhas do metrô de São Paulo estão paradas. Apenas a linha 4- Amarela Butantã Luz está em funcionamento

05h03 – Curitiba e Região:

0266a63a-f575-4019-8fa7-d409f08025f2

Ônibus colocados em frente a garagens para impedir circulação

Um ônibus com pneus esvaziados foi colocado em frente aos portões da Leblon/Nobel em Fazenda Rio Grande, região Metropolitana de Curitiba, impedindo as operações. Ação é do Sindimoc e do Sindicato dos Metalúrgicos

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Atualizações:

Greve Geral – Confira as atualizações de como estão as paralisações de ônibus, metrô e trem

19 comentários em Greve Geral – Confira as atualizações de como estão as paralisações de ônibus, metrô e trem

  1. Maria Petrucia Roque Roque // 28 de abril de 2017 às 05:39 // Responder

    Como a gente faís para ir trabalhar

  2. Infelizmente esses motorista são uns cagões!!

  3. Fernando Márcio de Oliveira // 28 de abril de 2017 às 06:21 // Responder

    Ótimo tem que parar tudo sem exceção! O nosso dinheiro está no bolso deles nas contas dá suíça,faz décadas que todos os partidos a liderado pelo PMDB vem sugando a previdência a Petrobras e outras instituições! Bando de bandidos!!

  4. Bando de vagabundo!

  5. Talvez hoje seja a nossa última chance de nós trabalhadores nos expressarmos contra essas reformas que vão acabar com a vida de todos nós

  6. Viação Prajuçara já opera normalmente, atualize a informação

  7. maria aparecida Benedicto // 28 de abril de 2017 às 11:27 // Responder

    a empresa imperial transportes na zona leste funciona normalmente

  8. Greve de vagabundos e desinformados. Uns, os que ajudaram o Brasil a chegar no fundo do poço onde estamos, outros dando munição ao ladrão mor Lula contra o juiz Sérgio Moro e prospectando as probabilidades para a candidatura do chefe da máfia para 2018.

  9. Viação Miracatiba e Raposo Tavares continuam paradas, Terminal Capão redondo do Metrô fechado.

  10. maria nila da silva // 28 de abril de 2017 às 11:58 // Responder

    so´ quem sofre com isso é no´s pobres faxineiros. diarista e outros. que não tem carroe nem como se locomover. então perde dois dias de trabalho. perde a cesta basica. perde dois dias do vr. emfim tem um pucha. que vai e o encarregado ou o supervisor fala pros que nao foram e´ mais o fulano veio pq vc não veio…

  11. Greve de pilantras …..se fossem espertos não fariam greve dessa forma, faria como em outros países, trabalhariam com catraca baixa, prejudicando o governo e não a população!

  12. REDE GLOBO : DESINFORMAÇÃO TENDENCIOSA
    Cabe acrescentar que a rede globo teve interesse em não divulgar a intenção de Greve durante esta semana, isto faz parte da orientação do jornalismo da Globo. Esta emissora está prestando um deserviço a população. O direito do trabalhador é protestar antes da aprovação da reforma pelo congresso, depois não adianta chorar sobre o leite derramado.

    • Você está certo, na hora de parar tudo e mostrar nosso descontentamento com as propostas do Temer, ninguém para, aí quando aprovar essas reformas a favor dá classe burguesa, ferrando o trabalhador, vai ter um monte de gente reclamando. Brasileiro é assim só vai acordar quando estiver passando fome e infelizmente é a realidade do nosso povo

  13. Parabéns ao diário do transporte que está fazendo uma cobertura excepcional dá greve que agora é parcial, diferente dá rede globo que máscara as informações com parcialidade, no caso , a favor das reformas que irão acabar com o trabalhador

  14. A desinformação veiculada pela Rede Globo consiste objetivamente no motivo da greve. O verdadeiro motivo é a premente perda da verba da mortadela com a não obrigatoriedade da contribuição sindical a ser sancionada pelo presidente da vez, ex-sócio beneficiário da quadrilha que anteriormente ocupava a presidência.

  15. paulo sergio de sá silva // 28 de abril de 2017 às 17:20 // Responder

    Devemos sim lutar pelos nossos direitos com muita garra não deixar esses políticos corruptos, escolher o quê eles querem dá para nós, diga não à reforma da presidência, vamos lutar juntos pelos nossos direitos.

  16. A reforma da presidência se faz, aqui no Brasil, a cada 4 anos através de pleito eleitoral. Os grevistas de hoje estão, alguns sem saberem, a serviço dos mesmos políticos corruptos que são caçados pela Lava Jato, um deles já contando com o retorno para o cargo de mandatário maior do país a ser disputado em 2018, tendo em vista evitar que a justiça seja feita e que a prisão seja o seu fim.

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Greve Geral: Sindicatos prometem paralisações de ônibus, metrô e trens em diversas regiões do país no dia 28, mesmo com liminares – Diário do Transporte
  2. emtu – Veja em destaque

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: