Após “greve geral”, transportes funcionam normalmente neste sábado em São Paulo e região metropolitana

Na CPTM e Metrô, serão realizadas interrupções para obras

ADAMO BAZANI

Após as paralisações realizadas nesta sexta-feira pelas centrais sindicais contra as reformas na Previdência e trabalhista, os serviços de transportes na capital paulista, ABC e demais cidades da região metropolitana operam normalmente hoje, com escalas de sábado.

É o que informam as gerenciadoras e operadoras de transportes.

Na madrugada dessa sexta-feira, na capital e Grande São Paulo, todos os serviços e transportes ficaram paralisados, com exceção da linha 4-Amarela do metrô, que é privada, ônibus do subsistema local (antigas cooperativas) e alguns ônibus da região metropolitana, como em Osasco e Rio Grande da Serra.

No decorrer do dia, as operações do Metrô e da CPTM se tornaram parciais com atendimento em alguns trechos das linhas. Apenas a linha 3-Vermelha do Metrô e 15-Prata do monotrilho não tiveram operação dia inteiro. Também não operaram em toda essa sexta-feira, os ônibus municipais de São Paulo do subsistema estrutural (das empresas com linhas maiores ligando terminais e bairros até o centro da cidade). Algumas empresas de ônibus no ABC e em Guarulhos também ficaram paradas o dia inteiro.

Neste sábado, até o momento, os trens da CPTM e o Metrô operam normalmente, de acordo com as companhias.

O mesmo ocorre com os ônibus municipais de São Paulo, tanto do subsistema estrutural e local.

A Metra, operadora do Corredor ABD, informou que os ônibus e trólebus operam com as escadas de sábado.

Ônibus intermunicipais gerenciados pela EMTU -Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, na grande São Paulo, e os municipais nas cidades vizinhas da capital, também operam, de acordo com as empresas.

Em relação ainda ao Metrô e à CPTM, o passageiro deve estar atento às interrupções por causa de obras programadas para o final de semana e feriado.

Haverá interrupções e maiores intervalos em linhas como 15-Prata do Monotrilho, 4-Amarela, que é operada pela concessionária ViaQuatro, Linha 5-Lilás , 7-Rubi, 8-Diamante, 9-Esmeralda, 10-Turquesa e 12-Safira.

Na terça-feira, dia 2 de maio, para atender a demanda de quem volta do feriado prolongado de 1º de maio, o metrô começa a operar mais cedo, às 4h00, nas linhas 1-Azul (Jabaquara-Tucuruvi), 2- Verde (Vila Prudente-Vila Madalena), 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera-Palmeiras/Barra Funda) e 4-Amarela (Butantã –Luz).

Confira os detalhes nas notas do Metrô e CPTM:

METRÔ:

No próximo domingo (30/04) e na segunda-feira (1º de Maio), feriado do Dia do Trabalho, o Metrô terá operação diferenciada nas Linhas 15-Prata do Monotrilho, 4-Amarela, que é operada pela concessionária ViaQuatro, e Linha 5-Lilás.

Na Linha 4-Amarela (Butantã – Luz), a mudança na circulação dos trens acontece no domingo. Para continuidade das obras civis no mezanino metálico da futura estação Higienópolis-Mackenzie,  as estações República e Luz, da Linha 4-Amarela, permanecerão fechadas durante todo o dia. Os passageiros poderão utilizar o próprio sistema metroviário para realizar seus trajetos.

Quem embarcar nas estações Butantã, Pinheiros, Faria Lima e Fradique Coutinho com destino às estações República e Luz deverão desembarcar na estação Paulista e seguir viagem usando a integração com a Linha 2-Verde. Já os passageiros com destino a Linha 4-Amarela, que estiverem tanto na estação Luz, da Linha 1-Azul, quanto na estação República, da Linha 3-Vermelha, devem seguir até a estação Consolação, da Linha 2-Verde, onde será possível  transferir-se para a Linha 4 e prosseguir viagem pelo sistema. A operação nas demais estações da Linha 4-Amarela no trecho entre as estações Paulista-Butantã será normal. As estações República (Linha 3-Vermelha) e Luz (Linha 1-Azul) do Metrô funcionam normalmente.
 na Linha 15-Prata (Oratório – Vila Prudente), em função de testes no sistema de controle de trens, as estações Vila Prudente e Oratório também ficarão fechadas no domingo (30), porém, das 4h40 às 16 horas. Nesse período, os usuários serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência), que circularão no trecho entre as duas estações até o início da operação.

Dia 1º de Maio terá operação diferenciada na Linha 5-Lilás

Na Linha 5-Lilás (Capão Redondo – Adolfo Pinheiro), em razão de testes no sistema de controle dos trens, todas as estações permanecerão fechadas ao público no dia 1º de Maio, das 4h40 às 15 horas. Nesse período, os passageiros serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE, que circularão entre as estações Capão Redondo e Adolfo Pinheiro até a abertura das estações. Os usuários da Linha 9 – Esmeralda da CPTM, que fazem transferência gratuita para o Metrô na estação Santo Amaro, também serão atendidos pela estratégia. Já as linhas de ônibus da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) serão remanejadas das estações Capão Redondo e Campo Limpo para a estação Santo Amaro.

Retorno do feriado terá antecipação de horário

Na terça-feira (02/05), dia de retorno do feriado prolongado, a abertura das estações metroviárias das linhas 1-Azul (Jabaquara-Tucuruvi), 2- Verde (Vila Prudente-Vila Madalena), 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera-Palmeiras/Barra Funda) e 4-Amarela (Butantã –Luz), que é operada pela concessionária ViaQuatro, será antecipada para as 4 horas –  40 minutos mais cedo do que o habitual. A medida tem por objetivo atender os usuários que desembarcam na capital pelos terminais rodoviários Tietê e Jabaquara (integrados à Linha 1-Azul) e Barra Funda (integrado à Linha 3-Vermelha). Nas linhas 5-Lilás (Capão Redondo – Adolfo Pinheiro) e 15-Prata (Oratório –Vila Prudente), a abertura das estações ocorrerá no horário habitual, ou seja, às 4h40.
Para informar sobre as mudanças programadas, haverá emissão de mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocação de cartazes e publicação de informativos nas redes sociais. O Metrô recomenda aos usuários que programem suas viagens e adquiram os bilhetes antecipadamente.
Em caso de dúvidas, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), que atende diariamente, das 5h30 às 23h30. Já a Central de Atendimento da Via Quatro (0800 770 7100) atende de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22 horas, e aos sábados e domingos, das 8h às 18 horas.

 

CPTM:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Domingo: das 4h à meia-noite, serão realizadas obras de modernização no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente entre as estações Franco da Rocha e Francisco Morato. O intervalo médio dos trens entre as estações Luz e Caieiras será de 15 minutos e entre Caieiras e Francisco Morato, de 30 minutos.

Segunda: das 4h à meia-noite, haverá intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Jaraguá e Perus. O intervalo médio dos trens entre as estações Luz e Caieiras será de 15 minutos e entre Caieiras e Francisco Morato, de 30 minutos.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sábado: das 22h até o fim da operação comercial, os serviços serão executados nos equipamentos de via permanente entre as estações Lapa e Domingos de Morais. O intervalo médio dos trens entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 20 minutos.

Domingo: das 4h às 7h, os serviços prosseguirão entre as estações Lapa e Domingos de Morais. Das 7h às 17h, também ocorrerão obras de modernização no sistema de rede aérea nas imediações da Estação Jardim Silveira. Das 4h às 7h, o intervalo médio dos trens entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 20 minutos. Das 7h às 17h, o intervalo médio será de 20 minutos no trecho entre Carapicuíba e Itapevi.

Linha 9-Esmeralda (Grajaú – Osasco)

Domingo: das 4h à meia-noite, haverá intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Villa-Lobos-Jaguaré e Cidade Jardim. Das 8h às 20h, também haverá serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Jurubatuba e Autódromo. O intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha.

Segunda: das 4h à meia-noite, prosseguirão os trabalhos no sistema de rede aérea entre as estações Villa-Lobos-Jaguaré e Cidade Jardim. O intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 4h às 19h, os trabalhos serão executados no sistema de rede aérea entre as estações Mauá e Guapituba. O intervalo médio dos trens será de 26 minutos em toda a linha.

Segunda: das 7h às 18h, os serviços estarão concentrados no sistema de rede aérea entre as estações Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. O intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Mauá e Rio Grande da Serra.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Sábado a Segunda: das 20h de sábado até a meia-noite de segunda, em decorrência das obras da Linha 13-Jade no trecho entre as estações Engenheiro Goulart e USP-Leste, o intervalo médio dos trens em toda a linha será de 35 minutos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes