Greve Geral: Daer volta atrás e diz que ônibus intermunicipais vão funcionar normalmente no Rio Grande do Sul

Ontem, Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem havia determinado suspensão dos serviços por questão de segurança

ADAMO BAZANI

Para esta sexta-feira, 28 de abril de 2017, está sendo aguardada uma greve geral, envolvendo diversas categorias em todo país, inclusive, as relacionadas aos transportes, contra as reformas da previdência e trabalhista.

Diversos sindicatos já declararam que ônibus, trens e metrô vão parar em ao menos 27 estados.

Ontem o Daer – Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem, do Rio Grande do Sul, tinha anunciado que suspendeu as partidas programadas das linhas de ônibus rodoviários intermunicipais por questões de segurança.

No entanto, diante da repercussão, voltou atrás e determinou serviços normais.

Caso haja paralisação, será por causa da atuação de sindicatos. Em nota, o órgão diz que a ordem de serviço suspendendo as atividades já foi revogada.

O secretário dos Transportes, Pedro Westphalen, e o diretor-geral do Daer, Rogério Uberti, acompanham, desde os primeiros momentos desta quarta-feira (26), todos os fatos relacionados ao transporte intermunicipal de passageiros e informam que o serviço irá funcionar normalmente na próxima sexta-feira (28), preservando o direito dos usuários de viajar através do Sistema Estadual de Transporte Intermunicipal. A Ordem de Serviço 005/2017, da Diretoria de Transportes Rodoviários do departamento, já foi revogada, tornando sem efeito a suspensão da circulação de ônibus na data previamente estabelecida.

O departamento acrescenta ainda que, em razão da possibilidade do aumento no número de passageiros em viagens intermunicipais decorrente do feriado de 1º de maio, avalia autorizar as empresas que disponibilizem linhas extras de ônibus para atender à demanda.

O Daer é o órgão gestor do Sistema Estadual de Transporte Intermunicipal de Passageiros do Rio Grande do Sul. Essa atribuição está prevista nas leis 14.667/14 e 14.834/16, que instituem o Marco Regulatório e o Plano Diretor do Sistema Estadual de Transporte Público Intermunicipal de Passageiros de Longo Curso. A autarquia também é responsável pela autorização e licenciamento de empresas que realizam transporte coletivo sob regime de fretamento, assim como pela fiscalização do serviço.

O Daer esclarece, ainda, que o transporte coletivo de passageiros entre cidades da Região Metropolitana não é administrado pela autarquia.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes