Extintas todas as modalidades temporais de Bilhete Único Vale-Transporte e Escolar e publicada cobrança de R$ 1 em São Mateus

Segundo EMTU, nova taxa de acesso não tem data ainda para começar Novos valores entram em vigor neste sábado

ADAMO BAZANI

A partir deste sábado, 15 de abril de 2017, entram em vigor as novas tarifas das modalidades temporais do Bilhete Único e das integrações entre ônibus municipais SPTrans e CPTM/Metrô (de R$ 5,92 para R$ 6,80). Também entra em vigor o novo custo da integração entre os ônibus intermunicipais da EMTU e sistema CPTM /Metrô. O desconto na mudança de um modo de transporte que era de R$ 1,68 será apenas de R$ 1,50 pelo cartão BOM.

Os novos valores, que já foram divulgados pela Secretaria de Transportes Metropolitanos, foram publicados nesta quinta-feira, 13 de abril, no Diário Oficial da Cidade de São Paulo.

Os créditos comprados até hoje serão descontados pelos valores sem aumento. As tarifas unitárias de ônibus SPTrans e Metrô/CPTM continuam em R$ 3,80

No entanto, há mais alterações:

O Diário Oficial traz a informação que ficam extintas todas modalidades temporais do Bilhete Único Vale Transporte e Bilhete Único Escolar (24 horas, semanal e mensal).

O Vale-Transporte e o Bilhete Único Escolar convencionais, carregados pela quantidade de crédito escolhida pelo passageiro ou empregador, continuam normalmente.

No caso do Bilhete Único Comum, a única modalidade temporal que deixa de existir é semanal.

Ainda no caso do Bilhete Único Comum de modalidades temporais, a compra de crédito será possível apenas para cartões cadastrados. Por causa de fraudes e uso indevido, desaparece a modalidade anônima.

A publicação prevê o início da cobrança de R$ 1 para a transferência entre ônibus municipais da cidade de São Paulo, gerenciados pela SPTrans, e o sistema do Corredor Metropolitano ABD, da EMTU,  operado pela Metra.

A cobrança, quando entrar em vigor, será apenas da transferência entre ônibus municipal SPTrans e Metra, porque a tarifa unitária do Corredor ABD é mais alta: R$ 4,30.

Na prática, a integração passará, assim, a custar R$ 4,80 (R$ 3,80 SPTrans + R$ 1,00 para entrar na Metra). Hoje essa integração é gratuita.

O Diário do Transporte entrou em contato com o plantão da assessoria de imprensa da EMTU nesta manhã, que confirmou o que o início da cobrança está previsto pela secretaria, mas que ainda não há data para entrar em vigor, apesar da publicação oficial.

dc 1real

dc 1real-1

Tarifa Unitária do Metrô: R$ 3,80 – mantida

Tarifa Unitária da CPTM: R$ 3,80 – mantida

Tarifa de ônibus SPTrans: R$ 3,80 – mantida

Integração ônibus SPTrans + Metrô/CPTM pelo Bilhete Único: de R$ 5,92 para R$ 6,80

Bilhete Único 24 horas (comum): de R$ 10 para R$ 15 – vale a pena para quem faz mais de quatro viagens por dia

Bilhete Único 24 horas (integração): de R$ 16 para R$ 20 – vale a pena para quem faz mais de quatro viagens por dia

Bilhete Único Mensal (comum): de R$ 140 para R$ 190– vale a pena para quem faz mais de 50 viagens por mês.

Bilhete Único Mensal (integração): de R$ 230 para R$ 300– vale a pena para quem faz mais de 44 viagens por mês.

Bilhete Fidelidade: será de até 10,5%, de acordo com o número de viagens.

Bilhete Madrugador (Metrô, das 4h40 às 6h15; e CPTM, das 4h40 às 5h35): R$ 3,40.

Bilhete da Hora: (das 9h às 10h, nas linhas 8 Diamante, 9 Esmeralda e 5 Lilás: R$ 3,40

Metra (Corredor ABD): R$ 4,30 (desde fevereiro).

Integração ônibus EMTU e CPTM/Metrô – pelo Cartão BOM: Desconto que era de R$ 1,68 cai para R$ 1,50

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

7 comentários em Extintas todas as modalidades temporais de Bilhete Único Vale-Transporte e Escolar e publicada cobrança de R$ 1 em São Mateus

  1. Viva o transporte individual, mais barato, confortável e rápido. Lamentável!

  2. Manuel Rodrigues dos Santos // 14 de abril de 2017 às 17:20 // Responder

    PARABÉNS PSDB, PARTIDO DOS RICOS.

  3. ACELEEEERA SP

  4. Amigos, boa noite.

    Como so depositam dinheiro no Caixa 2…

    Alguem tem de pagar os ROMBOS e como sempre quem paga essa conta sao os contribuintes.

    MUDA BRASIL ACORDA SAMPA.

    Sem dinheiro NADA FUNCIONA, MAS NADA MESMO, MUITO MENOS POLITICA PUBLICA.

    Ja nao se pode dizer o mesmodo Caixa 2, que funciona como um relogio.

    Att,

    Paulo Gil

  5. Estudantes não poderão usar mais bilhetes mensais?!
    Qual o motivo de uma medida tão estúpida?
    Fazê-los desaprender mobilidade e eficiência de deslocamentos?

    Quem faz estágios e cursos a mais será PUNIDO por tentar construir um país melhor?

  6. e tudo farinha do mesmo saco

1 Trackback / Pingback

  1. Idec oficializa contestação a aumento de tarifas integradas entre ônibus, metrô e CPTM – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: