Prefeitura de Santo André vai fazer nova contratação emergencial para Vila Luzita

De acordo com administração, licitação definitiva vai exigir melhorias no pavimento do corredor e no terminal

ADAMO BAZANI

O sistema de ônibus municipais de Vila Luzita em Santo André terá uma nova contratação emergencial antes da realização de uma licitação definitiva.

A informação foi confirmada pela SATrans – Santo André Transporte, gestora do sistema, ao Diário do Transporte na manhã desta segunda-feira, 06 de março de 2017.

O contrato emergencial de 180 dias com a empresa Suzantur, assinado em 07 de outubro do ano passado, vence agora no dia 8 de abril.

Uma proposta de licitação foi apresentada pela gestão passada em dezembro, mas havia dúvidas em relação à remuneração das empresas de ônibus, dimensionamento da demanda e exigências em relação à frota. Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2016/12/08/santo-andre-lanca-proposta-de-licitacao-para-onibus-da-vila-luzita/

De acordo com nota da SATrans ao Diário do Transporte, não haverá renovação com a Suzantur e o edital da licitação definitiva vai exigir por parte da concessionária reformas estruturais no sistema.

“Em relação ao encerramento do contrato emergencial com a Suzantur, a SATrans esclarece que publicará nova concorrência emergencial, por conta da necessidade de se efetivar os estudos de mobilidade para a região da Vila Luzita e avaliação das necessidades e melhorias do Terminal da Vila Luzita.

O novo edital exigrá, entre algumas medidas, recapeamento de vias e requalificação viária da avenida Capitão Mário Toledo de Camargo e a análise das necessidades do Terminal da Vila Luzita.”

Não há impedimentos, entretanto, para a Suzantur participar da nova concorrência emergencial e da licitação definitiva.

O sistema de Vila Luzita tem 15 linhas e responde pela maior demanda individual geográfica da cidade por 20 anos. A cidade tem uma média mensal em todo o sistema de 4,82 milhões de passageiros. Somente o sistema tronco-alimentado reúne 1,086 milhão de passageiros por mês, sendo que destes, 792,3 mil são pagantes.

HISTÓRICO:

A necessidade do contrato emergencial surgiu depois da decretação de falência da antiga empresa do bairro.

A Expresso Guarará, da família Passarelli, operava o sistema Vila Luzita desde o ano 2000. Após a morte do fundador Sebastião Passarelli, em outubro de 2014, a companhia passou a enfrentar dificuldades financeiras. No dia 20 de setembro de 2016, a Guarará informou à prefeitura de Santo André a autofalência e que pararia a operação em 30 de setembro. A prefeitura então pediu que a empresa mantivesse os serviços até o dia 8 de outubro de 2016 No dia 27 de setembro de 2016, a Guarará comunicou que encerraria as atividades no dia 7 de outubro de 2016 . A prefeitura de Santo André fez uma licitação de contrato emergencial.

A única empresa que ofereceu proposta foi a Suzantur, que opera emergencialmente em São Carlos, no interior de São Paulo, e detém 100% dos transportes em Mauá, na Grande São Paulo, onde também entrou por contrato emergencial.

Claudinei Brogliato, sócio da Suzantur, foi contratado como consultor da Expresso Guarará e ficou no cargo entre novembro de 2015 e abril de 2016.

Antes mesmo do lançamento da licitação, a Suzantur já tinha sete ônibus com portas à esquerda e embarque por plataforma do sistema de Vila Luzita, o único deste tipo na cidade e que até então nunca foi operado pela empresa. O fato gerou desconfiança para um possível direcionamento

Claudinei Brogliato disse, no entanto, na época que esses ônibus foram encomendados ainda quando ele estava na gestão da Guarará e que seriam alugados para família de Passarelli.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

9 comentários em Prefeitura de Santo André vai fazer nova contratação emergencial para Vila Luzita

  1. Vai começar tudo de novo

  2. Esse prefeito Paulinho serra muito incompetente para santo andre não consegui abrir uma licitações para vila luzita e agora povo que voltaram para esse cidadão mais uma vez os que está acontecendo na prefeitura de santo André dirá esse burro de la vai gastar dinheiro para fazer estudo para fazer alfato na avenida isso é uma vergonha para santo André e só abrir uma licitações. você acha que um empresário vai querer um contrato de 10 anos para fazer um emventimto de 100 milhões e nunca

  3. E lá vamos nós outra vez, esperamos que a bagunça que aconteceu com a chegada da Suzantur não se repita e que dessa vez seja definitiva, porque esse negócio de renovar contrato aqui e alí,…? FELIZ 2017 !!!

  4. Amigos, boa noite.

    Santo Andre ainda nem tem placa nos buzoes indicando as principais vias e pontos de comercio onde a linha passa.

    Imagina fazer licitacao coerente.

    A gestao pode ter outro none, mas a M e a mesma.

    De novo a Velha Ladainha.

    Brasilllllllllllllllll

    Att,

    Paulo Gil

  5. Aqui em São Carlos, a empresa suzantur é uma merda, ônibus sucateados, motorista não respeita as sinalizações de trânsito, passam no sinal vermelho, cobrador usam fones de ouvidos,São malcriado sem educação, fecham portas nas pessoas, andam atrasados, furam. Linhas é. Um dos péssimos serviços prestados na cidade.

  6. A Suzantur foi a pior coisa que a administração passada trouxe para cá. Ela acabou com o transporte coletivo aqui da cidade. Sorte da população de Santo André que irá se livrar dessa empresa. Aqui em são carlos eles alegaram que renovaram o contrato por mais 180 dias, por não haver outras empresas interessadas em pegar o transporte por aqui. A população toda sabe que isso é uma grande desculpa; menos a prefeitura….

  7. Meu amigo suzantur não é uma ruim sim os prefeitos da cidade por que ele tivesse abridor as licitação já tinha uma empresa melhor e ônibus novo em maua ônibus são novos em santo André tem ônibus zero não são muito tem 40 novo exemplo consórcio união santo andre tem ônibus vencido as 02 anos é sr prefeito Paulinho serra não fai nada por que sera meu amigo

  8. O TCE declarou que São Carlos poderá fazer uma nova Licitação Emergencial, graças a IRREGULARIDADES encontradas na contratação com a suzantur. Com isso a população de São Carlos torce para que a suzantur desapareça daqui. Foi a pior empresa de transporte coletivo que a cidade ja teve. Se soubéssemos que ia ser esse pesadelo que se tornou, não teríamos aceitado a entrada dela aqui.

  9. Você de São Carlos e de Santo André podem se acostumar que essa empresa vai ficar muitos anos aí. ..quando tiver licitação ( se tiver) … quem quer apostar que a Suzantur vai ganhar???

1 Trackback / Pingback

  1. Dívidas de empresas de ônibus com Santo André sobem para R$ 30 milhões, diz prefeitura – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: