CURIOSIDADE: Cantor sertanejo estiliza Paradiso DD com ar retrô

Luan Santana lembrou de primeiro veículo cujo nome era “Chapolin”

ADAMO BAZANI

O mundo do ônibus é bem abrangente. Ao mesmo tempo que suscita discussões sérias sobre mobilidade urbana, política, economia e até justiça, também reúne curiosidades, histórias e fatos curiosos.

Um deles é a estilização especial retrô que o cantor sertanejo pop Luan Santana deu a seu ônibus de trabalho, um Marcopolo Paradiso da Geração Sete, de dois andares e quatro eixos.

A ação visa promover um álbum chamado “1977”, mas os resultados da adesivação do veículo ficaram interessantes. Há imitações de frisos e do tom típico das latarias dos ônibus da época.

Imitações de rebites também dão o tom nostálgico.

Numa rede social, o cantor relembra do primeiro ônibus de trabalho, ao qual chamava de Chapolin. Para este novo, pede sugestões de nome.

O primeiro ônibus que eu tive era ano 1975 ou 1976, porque era o que podíamos ter. Chapolin, o nome dele. Lembro que fomos ‘em’ uma loja de peças de ônibus novos e compramos um retrovisor “daqueles que parecem chifres” pra instalar e, assim, deixar o ônibus velho com cara de novo. Hoje, graças a Deus, posso ter um ônibus 2016, mas mesmo assim, deu vontade de criar um design anos 70 pra ele…pra ficar no clima do álbum “1977”, sei lá. Tinha um velho querendo que parecesse novo. Agora tenho um novo e quero que pareça velho. Vai entender a cabeça da gente.. P.s: preciso sugestões de nomes pra esse agora

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

3 comentários em CURIOSIDADE: Cantor sertanejo estiliza Paradiso DD com ar retrô

  1. Amigos, boa tarde.

    Adamo essa foi 11, tem mais fotos ou um filme ??

    Parabéns Luan !

    Ficou muito legal, principalmente o detalhe da porta do lado do piloto.

    Qual era o modelo do Chapolin ?

    Sugestão: SETESETE ou 77.

    Luan já que você gosta de buzão, eu fiz uma letra de música para os motoristas de ônibus do Brasil (pois sou um apaixonado por ônibus), a qual está devidamente registrada na Biblioteca Nacional.

    Se você quiser fazer a melodia e gravar podemos negociar.

    Eu gostaria que a música fosse assim:

    1) Um “baladão” com um aranjo de sanfona e todos os instrumentos cabíveis no tipo “baladão”, cuja música demonstrasse a paixão pelo “buzão”, pela profissão, pela emoção, pela estrada, pelo volante, pela alegria e pelo amor.

    2) Começa com um fundo do baladão em volume baixo, seguido do barulho de ligar o motor do buzão;

    3) Continuando com o barulho do fechamento da porta, seguido do barulho do ar comprimido ao soltar o manete do freio de mão.

    4) Continuando com o barulho da saída do buzão em 1a marcha até a 2a.

    5) E assim iniciando o baladão xonado (para ouvirmos nas madrugadas das estradas deste Brasil a fora).

    Se você ou o seu produtor gostou da ideia, manda um contato para conversarmos.

    Att,

    Paulo Gil

    • Eu me pergunto se o Paulo Gil é um personagem, um troll, existe mesmo ou se é alguma variação que depois foi parar no Via Trólebus com outros nomes…

  2. Sugestão de nome: BusLuan.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: