BRT Centro Olímpico deixa de circular no Rio

onibus

Passageiros reclamam da superlotação

RENATO LOBO

Usuários que utilizavam o BRT Oceânico-Centro Olímpico não dispõem mais do serviço desde o último dia 30 de janeiro.

No lugar, os passageiros tem a disposição a linha Sulacap-Jardim Oceânico para se locomover pelo bairro. No entanto, os passageiros vem reclamando da lotação dos serviços, principalmente os moradores da Avenida Embaixador Abelardo Bueno.

Já o consórcio BRT, por sua vez, explica em um comunicado que a ligação Jardim Oceânico-Terminal Centro Olímpico foi criada para a Rio 2016, como um serviço especial, e que a linha Sulacap-Jardim Oceânico chega para atender “50% dos clientes que vinham de Sulacap e precisavam fazer baldeação na Alvorada para chegar às estações do Lote Zero ou à Linha 4 do metrô.”

De acordo com a operadora, a vantagem para os passageiros da linha extinta é que o intervalo entre um ônibus e outro foi reduzido de 15 para seis minutos nos horários de pico.

Renato Lobo, técnico em Transportes Sobre Pneus e Trânsito Urbano