TRT determina suspensão da greve em Teresina e reajuste nos salários dos trabalhadores

teresina

Greve já dura dois dias

RENATO LOBO

Uma liminar do Tribunal Regional do Trabalho da 22º Região determina a imediata suspensão da greve dos ônibus em Teresina. A decisão é da desembargadora Liana Chaib, e ainda ordena a aplicação do reajuste salarial em 8,5%.

A mesma decisão prevê que o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Rodoviário no Estado do Piauí – Sintetro, tenha as contas bloqueadas por descumprimento da decisão que determinava o mínimo de 70% da frota circulando em horários de pico.

A paralisação teve início nesta segunda-feira, 30 de janeiro, e até o começo desta tarde, menos de 12% da frota operava.

Cabe ainda multa de R$ 20 mil por descumprimento da liminar, com a aplicação de multa e também das contas bancárias do presidente do sindicato, Fernando Soares Santos.

Renato Lobo, técnico em Transportes Sobre Pneus e Trânsito Urbano

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta