Uma rádio que “toca” ônibus todo dia

Carlos Henrique (à esquerda) e Adamo Bazani em cobertura de evento sobre ônibus elétricos em São Paulo

Profissional de comunicação, Henrique Estrada, conta como funciona a rádio na internet cujo assunto principal é transporte de passageiros

ADAMO BAZANI

Se ter acesso a informação sempre foi uma estratégia fundamental para qualquer setor, nos dias de hoje, quando as notícias correm muito rapidamente e todos estão conectados, a informação chega a ser decisiva.

Com os transportes não é diferente. Quantos mais canais de credibilidade feitos por profissionais sérios existirem no mercado, todos têm a ganhar.

Além da plataforma tradicional da internet com portais de notícias como o próprio Diário de Transporte, e sites de compartilhamento de imagens, como o Ônibus Brasil, a web também proporciona mais um canal para as notícias, curiosidades, entretenimento e informações em geral do setor para profissionais ou simplesmente apaixonados pelo tema, mas com formato radiofônico. É a Rádio Ônibus que pode ser ouvida por aplicativo ou diretamente no site http://www.radioonibus.com/

O idealizador e responsável pela iniciativa, Carlos Henrique, ou Henrique Estrada, conta para o leitor do Diário do Transporte como é a rádio, como surgiu sua paixão por ônibus e por comunicação e também como curtir a programação.

4bee4cf6-c97a-45c2-9367-cb295b43a2bc

Como surgiu a ideia de criar uma emissora de rádio na web, falando especificamente de ônibus ?

Desde criança eu sempre fui apaixonado por rádio e por ônibus.

Cresci brincando com caixas de sapatos transformadas em ônibus e ouvindo, através do rádio AM,  o apresentador Paulo Barbosa.

Depois passei a prestar atenção nos narradores esportivos até conseguir imitar o narrador José Silvério.

Em uma ocasião participei da promoção da Rádio Bandeirantes sendo um dos finalistas como um dos melhores imitadores de José Silvério.

Meu desejo sempre foi trabalhar em uma grande emissora de rádio ou ser motorista de ônibus.

Pouco tempo depois fiz cursos voltados para o mundo do rádio me tornando assim locutor noticiarista. Iniciei minha carreira trabalhando em emissoras religiosas católicas. Tive também uma experiência em uma emissora AM no interior paulista.

Eu sempre fui fascinado pelo rádio e ao mesmo tempo pelo ônibus, especialmente pelos rodoviários. Viajava bastante de ônibus para o interior paulista, para casa de familiares, e quanto mais eu viajava mais eu gostava do ônibus e prestava atenção em cada detalhe.

Em 2012 trabalhei como administrador e locutor da Rádio Catedral Web da diocese de Campo Limpo.

Eu tinha tanta vontade de falar sobre ônibus com as pessoas que comecei a experimentar o assunto ônibus dentro da programação religiosa da rádio Catedralweb.

Para minha surpresa, percebi  que tinham muitos ouvintes que também gostavam de ônibus e queriam ouvir mais sobre o assunto.

A programação da rádio era religiosa e falava de ônibus todos os dias. Então resolvi:  juntas as duas paixões: o rádio e o ônibus .

Percebi que poderia era uma grande novidade uma rádio que falasse sobre ônibus.

Em 2013 conversei com meu amigo Kaio Castro, presidente do Primeiro Clube do Ônibus, sobre minha idéia de criar a Rádio Ônibus. Imediatamente ele gostou e disse para eu ir em frente.

Como tem sido tocar a Rádio Ônibus hoje ? Qual a estrutua ?

A Rádio Ônibus ainda está em fase de crescimento. Há muito o que fazer e todos os dias e é um novo e grande desafio manter funcionando.

Atualmente a programação é transmitida do meu escritório ainda de modo improvisado.

Minha meta é transformar um micro ônibus em estúdio de rádio e transmitir online a programação em áudio e vídeo, diretamente de diversas cidades. Conhecer a realidade de trânsito de cada comunidade e poder levar educação de trânsito às crianças do ensino fundamental.

Este estúdio móvel visitará bairros, praças, escolas e empresas mobilizando todos sobre a importância de um trânsito mais seguro.

Qual é a dinâmica de participação e horários ao vivo da programação ?

O programa carro-chefe é o Giro de Notícias que eu mesmo apresento ao vivo às terças, quartas e quintas 11h com reprises às 15h, 20h e 23h; às sextas ao vivo no horário das 20h.

O conteúdo do programa são notícias sobre o transporte de passageiros, entrevistas com empresários, motoristas, viajantes, busólogos e curiosidades.

Participações especiais enriquecem ainda mais. Tenho como exemplo:

Bate papo com especialistas do Detran SP, orientações sobre direto do trânsito com Márcia Pontes, Mércia Gomes, Rodolfo Rizzoto e também com muita credibilidade o amigo Adamo Bazani.

Os ouvintes se manifestam livremente enviando áudio de forma rápida, através do próprio aplicativo Rádio Ônibus disponível gratuitamente na Play Store ou através do Whatsapp 16 9 9182-1468.

Nossa audiência já chegou em diversas cidades brasileiras e também no exterior , cito ouvintes participando na Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Portugal e Alemanha.

Para ouvir a Rádio Ônibus é simples. Basta acessar o site: www.radioonibus.com ou instalar o aplicativo Rádio Ônibus através da Play Store.

Das entrevistas que você fez até hoje qual a que mais te impressionou ?

A entrevista mais marcante foi com José Carlos Bohrer design de ônibus da Marcopolo.

Foi uma realização de um sonho de menino, conhecer a fábrica de uma das maiores fabricantes de carrocerias do Brasil e ainda poder conversar e entrevistar o idealizador de uma geração de ônibus brasileiro.

Para quem desejar assistir a entrevista está disponível no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=DnGzOoSKrz0

Sei que a Rádio Ônibus veio para ficar. Ela já é o espaço onde o motorista de ônibus poder se manifestar. A programação gira 24h e “é a Sua Verdadeira Companhia”.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes