Limite de velocidade das marginais aumenta no próximo dia 25 de janeiro em São Paulo

Publicado em: 20 de dezembro de 2016

Carro batido na Marginal Pinheiros. Especialistas dizem que quanto maior a velocidade, mais grave é o acidente

De acordo com futuro secretário de transportes, vias foram projetadas para serem de trânsito rápido

ADAMO BAZANI

O futuro secretário de transportes da gestão Doria, Sérgio Avelleda, anunciou nesta terça-feira, 20 de dezembro de 2016, que a partir do dia 25 de janeiro de 2017, haverá ampliação da velocidade das marginais dos rios Pinheiros e Tietê.

As velocidades nas pistas expressas voltam a ser de 90 km/h para veículos leves, na pista central da Marginal Tietê volta para 70 km/h e nas pistas locais serão de 60 km/h.

Na pista local onde a faixa da direita é para ônibus ou então quando há conversão à direita, a velocidade será mantida em 50 km/h.

Já para os veículos pesados, como o ônibus e caminhões, o limite será de 60 km /h em todas as pistas, com exceção das pistas locais, onde o limite será de 50 quilômetros km/h para ônibus e caminhões, independentemente da faixa.

Estudos da CET – Companhia de Engenharia de Tráfego, mostram que desde julho de 2015, quando o prefeito Fernando Haddad reduziu o limite das velocidades, o número de acidentes com vítimas (mortos e feridos) caiu 37,5% em um ano.

No primeiro semestre 2015, as marginais tiveram 608 acidentes e no primeiro semestre de 2016, foram 380.

Ainda de acordo com a CET, o número de atropelamentos caiu de 27 para nove no mesmo período.

O futuro secretário de Transportes de Doria, Sérgio Avelleda, disse que haverá preocupação em relação à segurança, mas que as marginais foram feitas para velocidades maiores.

“As marginais foram projetadas para serem vias de trânsito rápido e faremos todas as ações para mitigar os riscos” – disse.

A proposta da nova equipe de transportes também é reduzir as vias próximas a estações de ônibus, metrô e trem, havendo também diminuição de velocidade por causa do espaço.

Haverá faixas transversais com pistas para pedestres acima da região das lombadas.

A nova equipe prevê também maior intensificação da fiscalização por radar do tipo pistola sobre os motociclistas.

Sérgio Avelleda também disse que mesmo com quatro velocidades diferentes, não haverá aumento de multas nas marginais por causa desta variação e negou que o total de radares será ampliado.

“Não haverá ampliação de radar, nenhum elemento de ampliação de radar, mas ele é um elemento importante para redução da velocidade, mas a pessoa vai ser lembrada sempre dos limites. Então não vai ter pegadinha”

Especialistas nacionais e internacionais de trânsito e transportes dizem que o aumento das velocidades, mesmo em vias como marginais, pode representar um retrocesso na segurança viária.

O presidente da Associação Brasileira de Medicina de Trânsito – Abramet, Dirceu Rodrigues Alves Junior, explicou em outras ocasiões que dependendo da velocidade, um acidente pode resultar em morte ou não.

“Se o carro está a 32 km/h, o acidente é capaz de produzir o óbito em 5% dos casos. Se está a 45 km/h, já sobe para 48%. E se o veículo está a 64 km/h, vai produzir óbito em 85% dos casos. A redução de velocidades está acontecendo no mundo todo.” – disse em coletiva o presidente da Associação Brasileira de Medicina de Trânsito – Abramet, Dirceu Rodrigues Alves Júnior.

Estudos de diversos países mostram que a redução dos limites de velocidade, para qualquer realidade econômica e urbanística, além de contribuir para a queda no número de acidentes e a gravidade das ocorrências, ajuda a aumentar a velocidade média no trânsito.

Relembre em:

Redução de velocidade é tendência mundial e serve para qualquer realidade econômica

https://diariodotransporte.com.br/2016/09/27/reducao-de-velocidade-e-tendencia-mundial-e-serve-para-qualquer-realidade-economica/

Simulador mostra que redução do limite de velocidade melhora o trânsito

https://diariodotransporte.com.br/2016/10/17/simulador-mostra-que-reducao-do-limite-de-velocidade-melhora-o-transito/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. edsonprofeta disse:

    Enfim, é aguardar os números em Janeiro de 2018.

  2. Daniel Batista dos Santos disse:

    Bom, vejamos… nova alteração na velocidade máxima das vias da cidade = nova sinalização = reprogramação dos radares = mais propaganda para divulgação das alterações = muito dinheiro público jogado no ralo desfazendo e refazendo a mesma coisa.

  3. Piada, o mundo todo prova que diminuir e a saída, não e nenhum estudo de fundo de quintal, piada.

  4. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    O bem mais valioso que temos e a vida, mas infelizmente nem todos pactuam.

    Entendo que tem trabalhos mais importantes a serem efetuados em Sampa.

    Sou contra o aumento da velocidade, apesar de achar baixa, mas tudo pelas vidas.

    Att,

    Paulo Gil

  5. Boa tarde,mais uma vez gastos com o dinheiro publico eu no lugar do prefeito primeiro dava uma prioridade na saúde depois iria priorizar essa questão da velocidade nas marginais prefeito siga algumas orientação da população o sr. tem grande potencial de ser um grande governo municipal de sp o colegial eleitoral desta cidade pode levar o sr.Ate ser o governo federal.

    deixo aqui os meus comentários

    Roque santana

    Gestor de segurança privada e técnico de segurança do trabalho

Deixe uma resposta