Corredor ABD recebe novos trólebus

ônibus elétricos
Trólebus possibilitam emissão zero de poluentes durante a operação Foto: Adamo Bazani

Veículos circulam pelo Corredor ABD e contam com ar condicionado wi-fi e tomadas para os passageiros recarregarem os celulares

ADAMO BAZANI

Os cerca de 300 mil passageiros que utilizam o Corredor ABD, entre São Mateus, na zona leste de São Paulo, e Jabaquara, na zona sul, passando por municípios do ABC Paulista vão contar com dez novos trólebus.

O governador Geraldo Alckmin participou na manhã desta quarta-feira, 5 de outubro de 2016, em São Bernardo do Campo, da entrega dos novos veículos que serão operados pela concessionária Metra.

Os trólebus são considerados de última geração. De modelo Caio Millennium BRT, sobre chassi Mercedes-Benz e sistema elétrico da Eletra.

Os ônibus elétricos são articulados de 18 metros com capacidade para 120 passageiros.

“O Corredor ABD começa em São Mateus, na zona leste de São Paulo, passa pelo ABC e vai até Jabaquara, e ainda conta com uma linha para o Brooklin. Ele liga a zona leste ao ABC e o ABC com a zona leste e o sul de São Paulo. O corredor é tão bem avaliado quanto o Metrô. Ele é todo elétrico, não é poluente, oferece conforto e qualidade”, afirmou o governador em nota enviada pela assessoria ao Diário do Transporte

Entre os itens destes novos coletivos estão ar condicionado, wi-fi que permite acesso gratuito à internet, tomadas USB, tomadas para recarga de celulares e notebook, além da configuração de piso baixo que permite melhor acessibilidade.

corredorabd

Os trólebus também têm assentos reservados para pessoas que se recuperam de cirurgias, portadores de deficiência física, idosos obesos e espaços para cadeira de rodas.

Sendo 100% elétricos, os trólebus não emitem nenhum tipo de poluente na operação.

A Metra possui em torno de 260 veículos, dos quais 82 são trólebus. Há também três modelos a hidrogênio sendo testados, ônibus elétricos puros com bateria e veículos a diesel menos poluentes.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

 

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Bruno disse:

    Tomara que este tipos de ônibus realmente tenha o suficiente para toda a população e que a população saiba cuida deles, pois é um tal de queimar ônibus que dá vergonha.
    Espero que este tipos de ônibus sejam implantado aqui em Belo Horizonte.

  2. tiago disse:

    Caramba! Não sabia que a proporção entre troleibus e não troleibus na Metra estivesse nesse nível. Ela já foi mais equilibrada, não foi?

  3. ajtabireza disse:

    Qual a necessidade de Alckmin “inaugurar” ônibus?

  4. Luis Nunez disse:

    Ao invés de ir na Metra, porque o governador, não vai junto com o presidente da EMTU e com seu secretário de transportes metropolitanos, na garagem da EAOSA / Ribeirão Podes resolver a questão da greve?

  5. welbi disse:

    Mesmo enfrentando a grave crise econômica que o país vive, gerada pelos erros na condução da política econômica do governo federal, o governador Geraldo Alckmin não deixa de investir nos municípios paulistas com obras prioritárias e nas áreas sociais como habitação, segurança, saúde, educação, transporte e saneamento.

  6. Muito bacana, só não sei o que o narigudo tava fazendo la.

Deixe uma resposta