Greve da CPTM: Estado vai pedir ilegalidade da greve. Confusão em Francisco Morato

CPTM

Linahs da CPTM operam parcialmente

Revoltada com a greve dos funcionários da CPTM, a população tentou agora há pouco forçar a entrada na estação de Francisco Morato, da linha 7 Rubi.

A Força Tática da Polícia Militar foi acionada e jogou bombas de efeito moral.

Parte da estação foi danificada, assim como um muro da CPTM ao lado.

Ao jornalista Milton Jung, no Jornal da CBN, o secretário de transportes metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, disse que o governo do estado vai solicitar a ilegalidade da greve com o argumento de que as negociações estão sendo realizadas.

Clodoaldo disse que vai estudar cortar o pagamento dos grevistas.

Neste momento, mais de um milhão de pessoas estão prejudicadas, de acordo com o secretário.

Os ferroviários da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos que estão em greve descumprem a determinação judicial que obriga a circulação de 90% dos trens nos horários de pico, compreendidos entre 4h e 10h e entre 16h e 21h, de 60% nas demais horas.

Apenas há circulação do Expresso Leste entre as Estações Luz e Guaianases, na linha 11. Há serviços parciais na linha 7 e as linhas 10 e 11 estão com estações fechadas.

O Rodízio Municipal de veículos está mantido.

A opção para passageiros que estão na Grande São Paulo são os ônibus metropolitanos, gerenciados pela EMTU. No entanto, os trajetos são mais longos, a tarifa é maior e nem todas as linhas de ônibus têm veículos suficientes. Por isso, é necessário sair mais cedo que o habitual.

Os funcionários das linhas 8 e 9 não aderiram à paralisação e os serviços nestes itinerários são normais.

Para informações, a CPTM colocou um número de telefone à disposição: 0800 055 0121

A SPTrans – São Paulo Transporte informou que vai acionar a Operação PAESE – Plano de Apoio entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência com ônibus nas linhas da CPTM atingidas. Também vai haver reforço de frota nas linhas habituais de ônibus.

Durante a tarde de ontem, a CPTM ofereceu em audiência de conciliação no TRT – Tribunal Regional do Trabalho duas propostas: aumento salarial de 7,72%, sendo 6,65% referentes ao IPC – Índice de Preços ao Consumidor da Fipe mais 1,07% de produtividade e 10% de reajuste sobre todos os benefícios. A segunda opção apresentada pela CPTM foi aumento linear, tanto para benefícios como para os salários, de 8,25%.

Os funcionários da CPTM pediram reajuste de 9,29% sobre os salários.

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

4 comentários em Greve da CPTM: Estado vai pedir ilegalidade da greve. Confusão em Francisco Morato

  1. A população de Francisco Morato é a mais prejudicada pelo fator de não ter outras alternativas a não ser um único ônibus que sai do parque 120 e outro que sai do Parque Paulista. Que demora duas horas quase e vai somente até a Lapa. Infelizmente temos que passar por isso….. Respeito o direito do trabalhador exigir os direitos deles, mas ressaltando que essas greves podem prejudicar o andamento ou extinguir o nosso…… Vocês são concursados. Nós, a maioria, somos CLT ou autônomo…. Vocês podem parar e isso porque nós pagamos o salário de vocês, porém podemos perder o emprego por paralisação de vocês. Então acho que falta um pouco de senso aí….

  2. ANARQUIA ! A JUSTIÇA MANDA TER UM MÍNIMO DE TRENS RODANDO…E A COISA SIMPLESMENTE NÃO OCORRE! POBRE POVO Q USA ESSA LINHA Q PASSA POR FRANCISCO MORATO!

  3. Cambada !!!! ….

    – Querem salário maior? Vão estudar! Bando de gente Sem-Vergonha! Semi-analfabetos que querem direitos e mais direitos e não fazem por merecer !!!! …. e os DEVERES ?????
    – Imagina se todos os trabalhadores pudessem simplesmente fazer greve pra “melhorar de vida”, sem esforço, sem estudo… tudo na base da AMEAÇA (também conhecida como GREVE).

    OBS. Direitos sem deveres não são Direitos, são regalias! / Liberdade sem respeito não é Liberdade, é Libertinagem!

    DESEJO: Que as Empresas que fornecem Água, Luz, Gás e Internet para os funcionários da CPTM também sintam vontade de melhorar de vida e também façam várias greves !!!

  4. Normalmente, há poucos ônibus intermunicipais para atender a população de Francisco Morato, que demora em torno de 3 horas para chegar na Barra Funda, em São Paulo.
    Imagine agora com essa greve! Devem demorar umas 5 horas para chegar!!!!
    É necessário aumentar o número de ônibus intermunicipais mesmo em dias normais e colocar linhas que venham pelo Rodoanel para reduzir o tempo de trajeto para chegar em São Paulo diretamente!!!
    A prefeitura de Francisco Morato deve pensar mais em melhorar a qualidade de vida da população, reduzindo o tempo de ida e volta ao trabalho e cuidando de sua saúde!!!!
    Na Estação Ferroviária de Francisco Morato, os banheiros ficam sempre fechados devido à redução d’água e não há elevadores para deficientes!!!
    Só existe uma rampa de acesso que passa em cima da linha do trem, que precisa ser liberada pelos guardas após a passagem do trem!!!
    Há uma escada de ferro que foi feita em cima de andaimes!!! É um perigo, pois já houve pessoas que caíram dela!!!
    Em Francisco Morato não há integração de ônibus, portanto, as pessoas têm que pagar por cada ônibus que pegam e não por período de uso!!! E, além disso, os pontos de ônibus não possuem cobertura e alguns nem possuem a placa de ponto de ônibus!!!
    Nós pagamos todos os impostos, falta a prefeitura de Francisco Morato cumprir com os seus deveres!!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: