Programa de computador ajuda empresas de ônibus até nas escalas de operação

ônibus

Ônibus de fretamento. Competitividade neste ramo de transportes de passageiros é maior que em outros segmentos. Reduzir custos sem comprometer qualidade pode ser diferencial neste cenário. Ferramentas informatizadas auxiliam empresas. Foto: Adamo Bazani.

Programa de computador ajuda empresa de ônibus a escalar equipes para operação
Portal também permite compra e venda de peças e equipamentos, o que pode reduzir custos sem comprometer qualidade dos serviços para os passageiros
ADAMO BAZANI – CBN
O setor de transportes de pessoas, para o bem dos passageiros, está cada vez mais competitivo.
Hoje o ônibus concorre com o carro, que após tantos incentivos fiscais do Governo Federal se tornou mais acessível, com o avião que atualmente oferece tarifas mais baixas e com o transporte clandestino, mais barato para o passageiro, apesar de não ser seguro.
No entanto, em alguns segmentos do transporte de passageiros, a competitividade é maior. Enquanto alguns sistemas urbanos caminham para trás e retrocedem oficializando monopólios mesmo com licitações, nos serviços rodoviários regulares e, principalmente, no fretamento, a maior liberdade de mercado e a quantidade de empresas fazem com que as companhias de ônibus sejam obrigadas a se esforçar para oferecer diferenciais para os passageiros.
Um destes diferenciais é o preço.
Para o preço ser menor também é necessário reduzir custos. Mas como garantir essa redução sem comprometer a qualidade dos serviços?
Hoje a tecnologia tem um papel essencial neste processo.
Um dos exemplos apresentados ao mercado é o programa de computador Globus. Segundo a empresa que desenvolveu o programa, BgmRodotec, por ele é possível integrar os principais setores da companhia de transporte.
Uma das novidades apresentadas para empresários de fretamento num encontro realizado pela federação que reúne as companhias do setor em São Paulo, Fresp, é o módulo Escala +
Segundo a BgmRodotec, pela ferramenta informatizada é possível dimensionar de maneira mais adequada ao tipo de operação a quantidade de profissionais por ônibus ou linha e até mesmo os turnos de trabalho.
A empresa também apresentou o Globus Parts, um portal de compra e venda de peças, pneus, combustível, lubrificantes e serviços. Todas as informações do portal e a maneira como são dispostas as ofertas foram desenvolvidas especificamente para o setor de transportes de passageiros que tem características próprias.
Segundo a BgmRodotec, “são mais de 20 mil itens de autopeças cadastrados e mais de 100 mil veículos de frotas gerenciados. As 2000 empresas que são clientes do Globus compram anualmente cerca de R$ 1 bilhão” no sistema.
Em nota à imprensa, o diretor da BgmRodotec, Valmir Colodrão, diz que o fretamento é um dos segmentos que mais podem se beneficiar com as ferramentas de gerenciamento, sendo um mercado interessante para os desenvolvedores de tecnologia.
“A área de fretamento e turismo vem se mostrando com boa vitalidade de investimento e nós, da BgmRodotec, estamos atentos a eles e buscamos lançar sempre soluções que ajudam as empresas a manter uma gestão eficiente e lucrativa. Esperamos fortalecer nossa marca como um dos principais parceiros de negócios que vem apoiando o setor através de soluções inteligentes, e com isso, concretizar alguns novos negócios”
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta